X
X

Diário da Região

29/02/2016 - 17h53min

Fitness

Movimento contra dor

Fitness

Sergio Isso Luana Roberta Pradella Castro durante aula de hidrobike, na Cosenza Fisioterapia (Foto: Sergio Isso)
Luana Roberta Pradella Castro durante aula de hidrobike, na Cosenza Fisioterapia (Foto: Sergio Isso)

Não é de hoje que são conhecidos os benefícios da prática de exercícios físicos para o controle da pressão arterial, diabetes e também para manter o corpo em forma e o peso ideal. As pessoas que sofrem de dores crônicas também podem se beneficiar das atividades físicas. A prática de exercícios  é, justamente, a intervenção não medicamentosa mais empregada e estudada para o tratamento dessa enfermidade.  Segundo o reumatologista Milton Helfenstein, o aumento dos níveis de neurotransmissores que inibem a dor, liberados durante o exercício, ajudam a trazer bem-estar ao paciente.
Todos os tipos de atividades físicas são recomendos para os pacientes com dores crônicas, exceto se houver outra doença que ofereça contraindicação. “Há evidências de que exercícios aeróbicos podem melhorar o quadro doloroso, o sono, os aspectos psicológicos e a qualidade de vida. Portanto, quando são respeitados os limites e o condicionamento atual da pessoa, a atividade não é prejudicial”, afirma Helfenstein. 
A maioria dos pacientes costuma se beneficiar mais de modalidades aeróbicas, como caminhada, corrida, bicicleta, dança, natação e hidroginástica. “Também são boas opções o tai chi chuan, a ioga e o qigong”, complementa o médico.
Para se beneficiar da atividade física, é indicado exercitar-se pelo menos três vezes por semana. Recomenda-se evitar treinos no final da noite, para que o sono não seja prejudicado. A melhora da capacidade cardiorrespiratória e da qualidade do sono, além da correção de posturas inadequadas e da prevenção de outras enfermidades, são mais alguns dos benefícios que as atividades físicas proporcionam aos pacientes. 

Dor não impede a prática

Muita gente acredita que o paciente não consegue se exercitar por causa da dor, mas isso é um mito. Os especialistas alertam que não existe tratamento sem exercício. Ao se exercitar, o condicionamento físico aumenta, o que pode diminuir a sensibilidade à dor; além disso, a atividade física tira o foco da dor já que os nervos estão ocupados em transmitir as informações relacionadas ao exercício. “A fibromialgia, por exemplo, tem como características manifestações de dor, fadiga (cansaço físico), indisposição e problemas relacionados ao sono. E os fatores que mais incomodam os seus portadores são dor nos músculos, tendões e ligamentos, ou seja, está diretamente associada às articulações”, diz o educador físico Hecio Bottaro Jr, professor da Viure Academia, em Rio Preto. 

Atividades contra a dor

Lucimar Reis Fernandes O personal trainer Lucimar Reis Fernandes orienta Lidiane Cristine Moreira durante os exercícios de musculação (Foto: Sergio Isso)

Musculação
“Musculação, desde que bem orientada e aplicada por um profissional, ajuda a melhorar inúmeras patologias de ordem ortopédica e neural, atuando sobre o metabolismo de uma forma geral”, explica o educador físico Emanuel da Silva, da Aquática Escola de Esportes. De uma forma geral, o movimento traz uma melhora no metabolismo do corpo. Uma pessoa sedentária não envolve as funções orgânicas. Mesmo que a pessoa sinta dores em determinada região do corpo, dependendo da patologia, ela pode aplicar leves exercícios de 
musculação para reestimular o músculo. “A atividade física acaba melhorando tudo. O metabolismo acelera, estimula a oxigenação, enfim, o corpo revive”, complementa. A musculação pode ser aliada para o tratamento de dores em qualquer parte do corpo, de origem física ou neural como, por exemplo, hipertensos, diabéticos, osteoporose, artrite reumatoide, doenças pulmonares ou mal de Parkinson. As restrições são impostas apenas pela idade e condições individuais de cada pessoa na frequência e intensidade, por isso é importante realizar a atividade sob a orientação de um profissional.

Camila Argueles Silva A fisioterapeuta Camila Argueles Silva ensina Gilberto Candido a fazer os exercícios do Movement, na Welness (Foto: Sergio Isso)

Movement 
O Movement é um sistema de exercícios com atividades físicas tridimensionais que utiliza movimentos naturais, tendo como base a movimentação da criança. É uma atividade física inovadora onde se exercita o corpo todo, o tempo todo, sem nenhum tipo de 
equipamento e sem repetições monótonas. Uma ginástica muito além do funcional, proporcionando um resultado rápido e eficiente. Auxilia como coadjuvante nos tratamentos de hérnia de disco, artrose, artrite, dores crônicas, tensões posturais e de estresse, ler e dort (lesões por esforço repetitivo) e também atua na prevenção de lesões. “São exercícios realizados no solo, com progressões, embasado no nosso processo de desenvolvimento motor, fazendo com que nossas articulações e ossos sejam preparados para realizar qualquer movimento do dia a dia sem nos prejudicar”, diz a fisioterapeuta Camila Argueles, sócia diretora da Wellness. É indicado para o tratamento de qualquer tipo de patologia, tais como hérnia de disco, desidratação do disco vertebral, LER e Dort, artrose, artrite, dores em geral. A vantagem é que não existe nenhum tipo de restrição. A prática é indicada duas vezes por semana.

Hidrobike
A hidrobike ou bicicleta aquática apresenta uma variedade de possibilidades de atividade física, que inclui desde exercícios de 
resistência a exercícios de força e reabilitação. “É uma atividade que apresenta baixo risco de lesões nos músculos e articulações, pois não tem sobrecarga e impacto”, explica a fisioterapeuta Regina Melo, da Cosenza Fisioterapia. Dentro da água, o usuário não sente exaustão e consegue praticar o exercício por um período maior. É uma atividade indicada para idosos, atletas que queiram ganhar mais força nas pernas, pessoas que querem tonificar pernas, glúteos e abdômen, em processo de emagrecimento e que querem melhorar o condicionamento físico. “Entre os benefícios estão o fortalecimento da musculatura dos membros superiores e inferiores (principalmente pernas e glúteos), melhora a capacidade respiratória e cardiovascular, redução da sobrecarga, principalmente na coluna vertebral, joelhos e tornozelos, melhora coordenação e equilíbrio e perda de caloria”, complementa Regina. Deve ser realizada no mínimo duas vezes na semana. Para sentir qualquer tipo de benefício recomenda-se a prática do exercício por três meses.

Rosiley Cosenza Dourado A fisioterapeuta Rosiley Cosenza Dourado auxilia Aline Massi Lima Favaron na execução de movimentos do Pilates (Foto: Sergio Isso)

Pilates
Os benefícios são a melhora da respiração, o alongamento, o fortalecimento, alivia a tensão de dores musculares, melhora a 
coordenação e equilíbrio e ameniza as dores, por meio do equilíbrio bioenergético melhora o estado emocional e diminui o estresse. “É indicado para algias de coluna, protusão e hérnia discal, escoliose e artrose e dores devido a sequelas neurológicas”, explica a fisioterapeuta Rosiley Cosenza Dourado, da Cosenza Fisioterapia. Atua relaxando, alongando e fortalecendo todos os músculos com ênfase no abdômen, dando assim sustentação à coluna estabilizando e evitando problemas de coluna. Não existem restrições para este método, a não ser em pacientes com problemas cardíacos graves, desde que realizado por profissional especializado. O resultado você sente desde a primeira aula e o ideal é que seja realizado entre duas e três vezes na semana.

 

Serviço
Aquática Escola de Esportes, em Rio Preto, (17) 3227-1222
Cosenza Fisioterapia, em Rio Preto, (17) 3235-4203 
Unifesp, www.unifesp.br
Viure Academia, em Rio Preto, (17) 3214-0986 
Welness Movement, em Rio Preto, (17) 3226-2139

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso