X
X

Diário da Região

25/04/2016 - 00h00min

Artigo

Intestino em equilíbrio

Artigo

Stock Images/Divulgação NULL
NULL

Vários fatores alteram a qualidade da vida moderna, de forma que a preocupação com a alimentação faz a sociedade conhecer cada vez mais a importância dos alimentos que auxiliam na promoção da saúde, pois são diversas as doenças que podem ser minimizadas com adoção de bons hábitos alimentares. A suplementação da dieta com probióticos e prebióticos pode assegurar o equilíbrio ao intestino humano, desempenhando papel fundamental na nutrição.

O termo probiótico tem origem grega e significa "pró-vida", sendo o antônimo de antibiótico, que significa "contra a vida". Os probióticos são então bactérias vivas que, administradas em quantidades adequadas, produzem efeitos benéficos no organismo. Esses gêneros estão presentes em iogurtes, produtos lácteos fermentados e suplementos alimentares. São usadas para prevenir e tratar doenças, para promover o crescimento e também para estimular a imunidade. 

Vários microrganismos são usados como probióticos, entre eles bactérias ácido- lácticas, bactérias não ácido-lácticas e leveduras. Os mais comuns com propriedades de probióticos são os Lactobacillus, Bifidobacterium, Enterococcus e Saccharomyces. Eles são produtos ingeridos via oral e, portanto, devem ser inofensivos, manter-se viáveis por longo tempo durante a estocagem e transporte, tolerar o baixo pH do estômago, resistir à ação das enzimas intestinais, não transportar genes de resistência a antibióticos e possuir propriedades anticâncer.

 

Roberto Luiz Kaiser Junior - 26042016 Roberto Luiz Kaiser Junior é médico gastroenterologista, de Rio Preto

A utilização de bifidobactérias e de lactobacilos é sugerida também como estratégia eficaz em casos de diarreia. O termo prebiótico é utilizado para ingredientes alimentares não digeríveis, constituídos essencialmente por carboidratos, que são suplementos alimentares não absorvidos no intestino delgado. Ficam então disponibilizados para auxiliar as bactérias do próprio organismo, favorecendo-as em seu crescimento, principalmente os lactobacilos e as bifidobactérias. Estão presentes na cebola, no alho, na chicória, nas lecitinas (proteínas vegetais), na alcachofra, nos aspargos, cereais, nas raízes de almeirão, na beterraba, banana, no trigo e tomate. Podem ser encontrados, também, no açúcar mascavo, no mel, em tubérculos como o yacon e em bulbos.

Alguns efeitos atribuídos aos prebióticos são melhorar a absorção de cálcio, diminuindo o risco de osteoporose, das gorduras e também a redução do risco do câncer de intestino. O termo simbiótico serve para designar produtos que contêm tanto probióticos quanto prebióticos associados. Como a palavra sugere sinergismo, ela deveria ser restringida a produtos em que o componente prebiótico favoreça seletivamente o probiótico. Baseado nesses conhecimentos, agora sim podemos tentar entender melhor e poder analisar os componentes dos nossos alimentos do dia a dia. 

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso