X

Diário da Região

03/05/2015 - 00h06min

Saúde

Esse incômodo tem solução

Saúde

Stock Images/Divulgação NULL
NULL

Quem nunca sentiu aquela sensação incômoda na barriga? Estufamento e mal-estar podem indicar que você está com um probleminha comum: prisão de ventre. A prisão de ventre acontece quando os movimentos do intestino tornam-se difíceis ou menos frequentes, com fezes ressecadas, que exigem um esforço muito grande na hora de ir ao banheiro, comumente associado a uma sensação de cólica e desconforto, chamada também de constipação.

A constipação intestinal não é uma doença, mas um sintoma muito frequente e, academicamente, pode-se dizer que há constipação intestinal quando o número de evacuações é inferior a três vezes por semana, acompanhadas de esforço ou dificuldade, afirma Hamilton Funes, especialista em gastroenterologia, nutrologia e cirurgia geral, de Rio Preto. 

Segundo ele, a constipação pode ser primária, quando provocada por situações inerentes aos hábitos de vida do paciente, ou por outras circunstâncias geralmente banais: "Alguns hábitos de vida podem provocar constipação, como ingestão alimentar inadequada, sedentarismo, perda do reflexo da evacuação, viagens, pouca disponibilidade de sanitários. Drogas também podem, por diversos mecanismos, causar constipação, como o uso abusivo de laxantes, analgésicos, antidepressivos, antiácidos e anti-hipertensivos, assim como causas neurológicas, como doença de Chagas e distúrbios psiquiátricos como depressão e anorexia nervosa", explica.

A docente em nutrição Selma Silva de Oliveira elenca que os principais vilões são alimentos com baixa quantidade de fibras, como queijos, carnes, ovos, chocolate, bolos, sorvetes e outros doces, purê de batatas, batatas fritas, alimentos de "fast food", instantâneos e álcool - com exceção ao vinho tinto - , bebidas com glicose (soda, suco de frutas), bebidas energéticas que contenham cafeína ou taurina, e citrinos, como laranja, se consumidos em excesso.

Quem sofre

Estudos epidemiológicos demonstram aumento na prevalência de constipação. Nos EUA, estima-se que 28% da população tem sintomas de constipação, segundo Hamilton Funes. "De acordo com esses estudos, após os 60 e 65 anos, 21% a 34% das mulheres e 9% a 26% dos homens são constipados. Meninos em geral apresentam maior incidência do que meninas, situação que se inverte na idade adulta, e quem está sedentário também tem maior dificuldade de evacuar", acrescenta.

Aliados do bem-estar

Alguns alimentos favorecem a prisão de ventre, mas existem aqueles que auxiliam no bem-estar intestinal, combatendo os sintomas. Para Selma Silva de Oliveira, alimentos ricos em fibras cereais integrais, como arroz, aveia, pão e macarrão integrais, milho e outras sementes e grãos comestíveis possuem grande quantidade de fibras, que estimulam a atividade intestinal e, consequentemente, a evacuação.
 
"Vegetais como alface, agrião, brócolis, cenoura, couve, escarola, espinafre e rúcula também contêm fibras, assim como a farinha de trigo. Frutas como mamão, ameixa, laranja também ajudam a estimular o trânsito intestinal", reforça.
Dieta adequada e rica em fibras, exercício físico e estímulo à evacuação diária é a receita para o "reloginho" funcionar.

"O que funciona mesmo é uma alimentação equilibrada e mais natural possível. Comer de três em três horas alimentos ricos em fibras como frutas e alimentos integrais no desjejum e nos lanches intermediários, saladas de folhosos e legumes crus no almoço e no jantar. Reduzir o volume das refeições e aumentar a frequência, tomar bastante água e sucos de frutas, e fazer pelo menos uma caminhada diária para estimular o intestino, além de se concentrar nas refeições, estipular horários para elas e realizá-las em ambiente calmo, sem pressa", indica Selma. 

 

 

>> Leia aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso