X
X

Diário da Região

01/06/2016 - 11h17min

A era dos drones

Equipamento ganha destaque entre profissionais

A era dos drones

Guilherme Baffi Paulo Melegatti alerta que é preciso cuidado ao utilizar os drones entre as pessoas (Foto: Guilherme Baffi)
Paulo Melegatti alerta que é preciso cuidado ao utilizar os drones entre as pessoas (Foto: Guilherme Baffi)

Robozinhos voadores que conseguem captar imagens em diferentes altitudes, os drones conquistaram um lugar de destaque entre empresas e profissionais do ramo audiovisual. Seu maior diferencial é a praticidade na captação de imagens aéreas, que, dependendo da altitude, dispensam uma aeronave.

“O drone permitiu mostrar ângulos que antes não éramos tão habituados a ver. Isso sem contar o tempo e o custo, que são menores. Usando uma pequena aeronave, terei de pagar o aluguel dela, a diária do piloto e o fotógrafo. Com o drone, apenas uma pessoa manipula e a captação é feita em menos tempo”, comenta Júnior Calegari, da produtora i9 Filmes, de Votuporanga.

Ele comprou seu primeiro drone em 2014, um Phantom, o modelo mais popular no mercado. “As primeiras versões eram apenas um drone com encaixe para a câmara GoPro. Eram modelos simples, que não ofereciam muita estabilidade para a câmera. Hoje, há drones bem modernos, com estabilizador e até câmera acoplada”, conta.

 

Fernando Daud Fernando Daud, da Olho do Drone, está sendo requisitado para trabalhos de medição em regiões agrícolas (Foto: Johnny Torres)

Múltiplos usos

Outro segmento em que o drone chama a atenção é o de eventos sociais, principalmente os casamentos. As imagens aéreas dão um toque especial na produção de clipes e na captação de detalhes da cerimônia.

Por outro lado, é preciso cuidado ao utilizar essa engenhoca entre as pessoas, como sinaliza Paulo Melegatti, da Zap Produções, de Rio Preto, especializada em registros audiovisuais de eventos. “Durante a festa, o drone é usado apenas para dar uma visão geral do evento. Ele chama muito a atenção das pessoas.

Uso mais nos ensaios que antecedem a festa”, comenta ele, que já viajou até Portugal com seu drone Inspire, da DJI, para registrar um casamento em uma ilha. Especialista em captação de imagens com drone, o rio-pretense Fernando Daud, da Olho do Drone, está começando a utilizar essa tecnologia no campo da agrimensura.

“Estou sendo muito requisitado para trabalhos de medição de áreas agrícolas. O drone oferece muitos recursos nesse sentido, como o processamento de imagens em 3D (terceira dimensão”, explica Daud, que cresceu no universo da aviação e do aeromodelismo, pois seu pai é piloto de avião. 

Habilidade para comandar

Os drones têm tudo para se tornarem cada vez mais populares. No entanto, o seu uso exige treinamento e autorização, apesar de ainda não haver no Brasil uma legislação voltada especificamente para o assunto. Drone é o nome popular dado para o Veículo Aéreo Não Tripulado (Vant) ou Sistema de Aeronave Remotamente Pilotada, que vem da expressão inglesa Remotely Piloted Aircraft Systems (Rpas). 

“O drone exige muito treino, pois não é simples de ser operado. E, claro, exige uma operação responsável, principalmente em situações que oferecem riscos a pessoas e outras aeronaves. Como ele é operado por rádio, não é só uma questão de voo, mas de telecomunicação também”, comenta o rio-pretense Renato Brito, da produtora Animato, que atua no mercado de vídeos há 25 anos.

O drone precisa ser registrado tanto na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) como na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Há uma legislação em andamento que exige curso para quem pretende pilotar, além de registro da Anac. 

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso