X
X

Diário da Região

13/01/2016 - 11h49min

Prevenção

Dicas para evitar doenças respiratórias no verão

Prevenção

Stock Images/Divulgação Beba muita água para manter-se sempre hidratado
Beba muita água para manter-se sempre hidratado

Altas temperaturas e clima seco aumentam o número de casos de doenças respiratórias. Neste cenário, especialistas afirmam que é possível evitá-las com algumas atitudes, com a continuação do tratamento durante o verão e a ingestão de água.

Mauro Gomes, diretor da Comissão de Infecções Respiratórias da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, afirma que os sintomas podem ser controlados. No caso de asma, por exemplo, é fundamental que a medicação seja usada corretamente ao longo de todo o ano.

De acordo com Gomes, mudanças de temperatura, seja do calor da rua para ambientes com ar condicionado por exemplo, de fato podem ser consideradas gatilhos para as crises de falta de ar em pacientes asmáticos. Em tempos mais quentes como no verão, quando a estiagem é grande e há baixa umidade do ar, a poluição também pode contribuir para a piora da doença.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), as doenças crônicas respiratórias (principalmente a bronquite crônica, enfisema pulmonar e DPOC) matam mais de 4 milhões de pessoas todos os anos.

O tratamento médico envolve a terapia farmacológica e avaliação constante da função pulmonar. Além de cuidado médico, exercício físico regular é um importante componente do tratamento de doentes pulmonares crônicos, sugere a coordenadora do departamento de Fisioterapia da Unesp, em Presidente Prudente, Ercy Mara Cipulo Ramos.

Carlos Eduardo Prado Costa, clínico geral, afirma que é preciso manter-se sempre hidratado e fazendo uso de frutas cítricas ou ricas em vitamina C. “Se você tem mais de 65 anos se vacine contra a gripe e contra a pneumonia, o mesmo deve ser feito com as crianças de dois anos ou mais."

Dicas:

Mantenha sempre as mucodas umidas

beba bastante líquido, em especial idosos e crianças

Utilize umidificadores elétricos ou caseiros, como toalhas molhadas ou bacias de águas em ambientes fechados

Evite exercícios físicos entre 10 e 16 horas, que é o período em que se respira mais poluentes 

Evite locais fechados e abuse de ambientes ventilados e limpos 

Fonte: Da reportagem

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso