X

Diário da Região

03/05/2015 - 00h02min

Artigo

Combate à Meningite

Artigo

Stock Images/Divulgação NULL
NULL

Meningite é a inflamação das membranas meníngeas que recobrem o cérebro e a medula espinhal. Os sinais clássicos da meningite são dor de cabeça de forte intensidade, febre, vômitos e rigidez na nuca. Podem ser causadas por vírus, bactérias, protozoários. As mais temidas são causadas por bactérias, sendo que o pneumococo, haemophilus influenza B e o meningococo são responsáveis por aproximadamente 90% dos casos. Trata-se de um grave problema de saúde, pois além do índice de mortalidade ainda alto podem deixar sequelas sérias tanto na parte motora, quanto intelectual. 

A idade da criança é um fator importante, pois a incidência de uma determinada bactéria está relacionada com a idade. No recém-nascido e até 2 meses, predominam as bactérias da flora bacteriana materna, sendo o principal o streptococos. Após a introdução no calendário básico de vacinação da vacina contra o Haemophilus influenza B (Hib), houve praticamente um desaparecimento da meningite por esta bactéria, demonstrando mais uma vez a importância da imunização.

Existem ainda as meningites causadas por vírus, que normalmente evoluem bem, não deixando sequelas, com exceção das causadas pelo vírus da herpes simples. Esses causam quadros graves fatais - não existem vacinas para meningite por vírus. Os sintomas variam de acordo com a idade da criança. Normalmente, iniciam com vômitos, dor de cabeça intensa e febre. Podem ser de início súbito, já muito graves ou mais lentos, com fotofobia (a criança não consegue olhar para a claridade), dores pelo corpo, calafrios e, em 20%, está presente convulsão.

 

médico pediatra Jorge Haddad Jorge Haddad é pediatra, de Rio Preto

Em crianças de até um ano, o diagnóstico é mais difícil, pois a rigidez de nuca é difícil de ser pesquisada. Apresentam febre, gemência, irritabilidade e fontonela tensa ("moleira"). Abaixo de 1 mês, o diagnóstico é ainda mais difícil. A criança apresenta queda de temperatura, convulsões e pele arroxeada. A transmissão normalmente se faz de pessoa para pessoa, por via aérea. A pessoa pode ser portadora assintomática dessas bactérias e não apresentar a doença. Em algumas ocasiões, as bactérias rompem a barreira de defesa do organismo e podem atingir o sistema nervoso central.

Em raras situações, a meningite pode ser causada por uma infecção adjacente ao sistema nervoso, como por exemplo sinusite ou mastordite. Quanto mais precoce o diagnóstico e a introdução de antibióticos, mais se reduz as sequelas e diminui muito a mortalidade em meningites causadas por bactérias. Às vezes, o quadro é fulminante, de evolução muito rápida. Depende muito da virulência do agente e do estado imunológico do paciente. O diagnóstico, além do exame clínico, se dá por meio do liquor, que é a retirada do líquido da espinha. Esse procedimento é indicado pelo médico.

A prevenção é feita evitando aglomerações, principalmente na época em que houver aumento do número de casos de meningite e, principalmente, por meio da vacinação. Atualmente, existem vacinas conjugadas contra cepas de meningococo, pneumococo e haemophilus (Hib). Após introdução na década de 1990, a vacina contra o haemophilus está praticamente desaparecendo. O mesmo deverá acontecer agora com o pneumococo e o meningococo tipo C, que estão disponíveis na rede pública. No caso do meningococo, existem 13 sorotipos, mas os que causam a meningite são o A, B, C, W, Y.

Recentemente, foi lançada uma nova vacina quadrivalente (ACWY), feita a partir de 1 ano de idade. Esta não está disponível na rede pública. Provavelmente, até o final de 2015, será lançada no mercado a vacina contra o meningococo do sorotipo B, mais eficaz que a já existente, só administrada em algumas situações. 

 

 

>> Leia aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso