X
X

Diário da Região

05/04/2015 - 02h15min

Siga estas recomendações

Check-up nota: pressão arterial e o colesterol sob controle

Siga estas recomendações

Stock Images/Divulgação NULL
NULL

Tire o sal da mesa

O grande problema está no aumento irregular da pressão arterial. Segundo o cardiologista José Carlos Aidar Ayoub, do Instituto de Moléstias Cardiovasculares (IMC) e professor adjunto de cardiologia da Famerp, de Rio Preto, o sódio tem o poder de atrair moléculas de água para si, o que provoca a retenção de líquidos. "Nosso organismo, quando submetido a uma dieta rica em cloreto de sódio, que é o principal componente do sal, promove alterações na pressão arterial para manter equilibrado o volume de líquido circulante", explica o cardiologista. Para não achar os alimentos sem sabor, explore ervas frescas, especiarias, alho, cebola e limão para os temperos - eles não somente podem substituir o sal, como dão até mais sabor que ele. 

Coma gordura, mas a boa

O ômega-3 é uma gordura saudável e altamente recomendado para o coração. Ela não somente ajuda a aumentar os níveis do colesterol bom, o HDL, como contribui para a queda dos níveis do LDL - aquele que favorece o bloqueio das artérias. Insira em uma dieta balanceada mais nozes, castanhas, amêndoas, peixes, como atum, sardinha e salmão, óleos vegetais, sementes, como a chia, e gema do ovo - essa última com moderação, já que também tem colesterol - são bons exemplos.

Explore a chia

A semente não é apenas um forte aliado na perda de peso. Além da sensação de saciedade e melhora do funcionamento intestinal, a nutricionista Viviane Pereira, da rede Mundo Verde, destaca que o consumo regular de chia atua na prevenção de doenças do coração. "Ela pode ajudar no controle do colesterol da pressão arterial, assim como na recuperação muscular, no reforço do sistema imune e no melhor controle da glicemia." Apesar de ter gordura em sua composição, o óleo presente é insaturado, pois é do tipo ômega-3. Isso quer dizer que possui ação anti-inflamatória, destaca a nutricionista.

Faça mais exercícios
 
A redução do consumo de alimentos industrializados e a adição controlada de sal diretamente nos preparos das refeições já é um passo importante para o controle da pressão arterial. A associação com a prática de exercícios é bem-vinda, afirma o cardiologista José Carlos Aidar Ayoud. "Podem ser anaeróbicos, como a musculação, ou aeróbicos, como a caminhada, corrida e natação. Todos, porém, com orientação de um professor de educação física e após liberação de avaliação cardiovascular prévia." 

Elimine o cigarro

O cigarro não traz nenhum benefício para a saúde. A cardiologista Mônica Buchalla, chefe do departamento de cardiologia da Santa Casa de Rio Preto, conta que o cigarro aumenta quase que imediatamente a pressão arterial. "Com um pico de elevação entre dois e quatro minutos. A pressão mantém-se elevada por cerca de 15 minutos após o indivíduo fumar." A cardiologista rio-pretense informa ainda que a nicotina provoca vasoconstricção, isto é, um estreitamento no diâmetro dos vasos sanguíneos. "Além de aumentar a liberação da vasopressina, adrenalina e noradrenalina, substâncias que acarretam uma elevação da pressão arterial e dos batimentos cardíacos", alerta a médica. 

Magros também podem ter colesterol ruim

Nem sempre pessoas com sobrepeso ou obesas são as únicas a terem os níveis do colesterol LDL alterado. Pessoas magras podem tê-lo alto, assim como obesos apresentarem níveis normais, tudo depende da alimentação. A cardiologista Mônica Buchalla conta que, embora o colesterol seja necessário para o desenvolvimento de alguns sistemas do organismo, quando está alto, é responsável por estimular a formação de placas de gordura nas paredes internas das artérias. "Isso dificulta o fluxo de sangue para vários órgãos, como coração, cérebro e rins. Esse fato aumenta o risco de infarto do miocárdio, de acidente vascular cerebral (derrame) e de uremia", explica. 

Consumo de sal acima da média

De acordo com o Ministério da Saúde, o ideal é que o brasileiro consuma até 5 gramas de sal por dia, o equivalente a 2 gramas de sódio. "Isso equivale a menos de uma colher de chá rasa de sal ou cinco pacotinhos daqueles servidos em restaurantes - cada um contém 1 grama", explica a cardiologista Mônica Buchalla. O preocupante é que a ingestão hoje chega a um índice maior que o dobro do recomendado. Pensando nisso, alguns ações do ministério estão sendo colocadas em prática, como a redução do excesso de açúcares, gorduras e sódio dos alimentos processados. 

O pacto com as indústrias de alimentos passou pela primeira fase de metas entre 2012 e o ano passado. 
Isso principalmente porque os efeitos do sódio nos alimentos, como biscoitos, salgadinhos, sucos, entre outros, acaba sendo mais sensível para alguns grupos, como negros, obesos e doentes renais crônicos, informa o cardiologista José Carlos Aidar Ayoub.

Crianças precisam ser cuidadas

A pressão e o colesterol alto não são doenças exclusivas de adultos e idosos. Cada vez mais, o sobrepeso e o sedentarismo são vilões dos pequenos, pois pode aumentar em até duas vezes a chance de ter esses problemas, segundo dados da Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH)

Alimente-se bem

:: Coma 4 a 5 porções de frutas, 4 a 5 porções de vegetais crus ou cozidos e 2 a 3 porções de laticínios desnatados por dia

:: Dê preferência a temperos naturais, como alho, cebola, limão, gengibre, alecrim, salsa, cebolinha, hortelã, manjericão e outras ervas frescas ou desidratadas

:: Restrinja ou elimine as bebidas alcoólicas, pois elas aumentam a pressão arterial

:: Substitua doces e derivados do açúcar por carboidratos complexos para evitar as calorias vazias

:: Evite sucos industrializados. Prefira as versões naturais

:: Evite frituras. Dê espaço para assados e grelhados

:: Feijões, ervilhas, banana, melão, cenoura, beterraba, frutas secas, tomate, batata inglesa e vegetais de cor verde-escuro são ricos em potássio, que promove redução modesta da pressão arterial
 
Fonte: Mônica Buchalla, cardiologista e chefe de departamento de cardiologia da Santa Casa 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso