X
X

Diário da Região

20/12/2015 - 00h22min

LIVROS DO BEM

Bem-Estar traz dicas de livros desta semana

LIVROS DO BEM

Sock Images/Divulgação Repetição é a chave para criar novas formas de se fazer as coisas (Foto: Stock Images/Divulgação)
Repetição é a chave para criar novas formas de se fazer as coisas (Foto: Stock Images/Divulgação)

 

A revista Bem-Estar traz todos os domingos, dicas de livros para os amantes da leitura. Confiram!

 

 

livro_vint emil pedras no caminho

Vinte Mil Pedras no Caminho - A história de um piloto de avião que se tornou morador da Cracolândia


Fabian Penyy Nacer e Jorge Tarquini
376 páginas
Editora Geração
R$ 34,90

Fabian Nacer, brasileiro de classe média, ex-usuário de crack, usou todo tipo de droga pesada durante mais de 20 anos. Atingiu o fundo do poço quando foi morar na Cracolândia, nos anos 1990. Foram seis anos de rua, consumindo crack sem parar. Fabian estima ter fumado 20 mil pedras de crack. Dormia num bueiro. Chegou a pesar menos de 40 quilos. Foi internado 25 vezes. Convivia diariamente com a violência, a prostituição e a miséria a céu aberto, na maior metrópole do País. Sobreviveu por um milagre. Até hoje não entende como seu cérebro não "fritou". Em parceria com o jornalista Jorge Tarquini (responsável por dar vida ao best-seller "O doce veneno do escorpião - Bruna Surfistinha"), Nacer conta sua história, pontuada por muitas polêmicas e revelações chocantes.

 

 

 

 

livro_renovo


Renovo: O poder de se reinventar

Fernando Moraes
112 páginas
Editora Novas Ideias
R$ 29,90

Atitudes positivas, reconhecimento por um feito artístico, envolvimento cognitivo com o que se gosta e o que se faz bem. Essas são algumas atitudes que fazem parte do Renovo. O Renovo nos dá a possibilidade de fazer melhor, de ter esperança, de transformar o estado de fatalidade em felicidade mesmo que seja momentânea. É preciso se reinventar para que aconteça a mudança de vida. O Renovo pode, e deve, fazer parte da vida de todos. Superar o que não serve mais e construir hábitos importantes, cada vez mais presentes. A transformação vem de dentro. É essencial querer mudar, procurar a renovação interna com inspirações que vêm de fora. Pense nisso. Renove-se. Inspire-se. Mude.

 

 

 

 

 

livro_inoxidavel

‘Inoxidável’, de Walter Merlotto

O livro mais recente do conceituado escritor rio-pretense Walter Merlotto foi um dos selecionados pela comissão julgadora do Prêmio Nelson Seixas de literatura e traz dois poemas premiados: Inquietude e Eredità. O título "Inoxidável" refere-se a algo duradouro, que não é passível de deterioração ao longo do tempo, e sugere uma reflexão acerca da distinção entre o efêmero e o permanente. Seus poemas revelam um olhar crítico e perspicaz que abrange temas como o silêncio, o tempo, a religiosidade e o autoconhecimento, entre outros. 
Embora seja considerado "vazio e sem promessa" por Clarice Lispector (1998), o silêncio também tem significado e evita o peso desnecessário dos equívocos. A esse respeito, chama-nos a atenção os seguintes versos de Merlotto (Cem gramas, p. 35): 

Nada pesa mais
que os cem gramas 
de nossas línguas.   

 

 

colunista_patricia Reis Buzzini Patrícia Reis Buzzini, tradutora e Doutora em Estudos Linguísticos pela Unesp

O tempo - outro tema observado na obra - é representado por meio de metáforas como "pêndulo envelhecido" (Relógio, p. 22) ou "absoluto paladino do mundo" (O mesmo ralo, p. 43) e carrega o determinismo das horas. Implacável, o tempo também é visto como:  
 
(...) a certeza de que sempre
haverá o momento em que a
água do banho e a urina
compartilharão do mesmo ralo.  

 
Nos poemas de Merlotto, também merece destaque a questão do desassossego inerente ao processo de autoconhecimento, como mostram os versos a seguir (Êxodo, p.53):  
 
Já não fico mais
comigo nem quando
estou só.
(...)
Sou a fuga que insiste na
busca de quem me procura.    

 
Por fim, cabe ressaltar que a poesia não se esgota. Como já dizia Mario Quintana: "um poema só termina por acidente de publicação ou de morte do autor" (1973). Dessa maneira, encerro este texto com um poema que leva o mesmo título da obra e deixo o convite para que possam construir suas próprias leituras.   


INOXIDÁVEL 
 
O ter ou não ter
é um conceito inoxidável
que habita o ser 
 
posto o que se tem
é o que merecemos, 
 
basta mantermos
a vela acesa no candelabro
de nós mesmos

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso