X
X

Diário da Região

20/12/2015 - 00h41min

Sexualidade

Aperta o play

Sexualidade

Reprodução Cena do filme ABC do Amor que conta a hustória da primeira paixão de um garoto
Cena do filme ABC do Amor que conta a hustória da primeira paixão de um garoto

O cinema, além de uma ótima opção de entretenimento, pode servir como importante ferramenta pedagógica que une o útil ao agradável: a diversão e o aprendizado. Confira, a seguir, alguns filmes que levantam importantes questões sobre a sexualidade na adolescência. 

No livro "Vida, o Filme - Como o Entretenimento Conquistou a Realidade" (Cia. das Letras), o autor Neal Gabler explica que, além de levar emoção à rotina, os filmes "nos prestam também um serviço psicológico inestimável". Afinal, diz ele, "sejam quais forem as dores, não deveríamos querer afastar o sofrimento, as perdas e o desespero, mesmo que isso fosse possível. Precisamos deles para enrijecer, para que estejamos totalmente vivos e nos sintamos como tal."

A revista Bem-Estar fez uma seleção de cinco filmes que levantam importantes questões sobre a sexualidade que vão auxiliar na tarefa de permitir que pais, educadores e jovens entendam melhor esse processo e possam discutir o assunto.

JUNO

(Comédia/drama, Estados Unidos, 2008) 
Direção: Jason Reitman
Elenco: 
Ellen Page, Michael Cera, Jennifer Garner

Juno MacGuff é uma jovem de 16 anos que acidentalmente engravida de Paulie Bleeker, um grande amigo com quem transou apenas uma vez. Inicialmente, ela decide fazer um aborto, mas ao chegar na clínica muda de ideia. Junto com sua amiga Leah, ela passa a procurar em jornais um casal a quem possa entregar o bebê assim que ele nascer. É assim que conhece Vanessa e Mark (Jason Bateman), um casal com boas condições financeiras que está disposto a bancar todas as despesas médicas de Juno, além de dar-lhe uma compensação financeira. 

O que discute: O filme fala sobre a gravidez indesejada de uma adolescente, fato tão comum na atualidade. Aborda as crises da adolescência, a imaturidade diante de situações complexas, os papéis parentais, o conflito da gravidez indesejada em relação aos projetos individuais próprios da idade e a falta de prontidão psíquica do adolescente para enfrentar tais situações. 

Veja o trailer:

 

DESENROLA

(Comédia, Brasil, 2011)
Direção: Rosane Svartman
Elenco: Olívia Torres, Lucas Salles, Kayky Brito

Priscila tem 16 anos e se acha uma garota normal demais, principalmente, quando repara em suas amigas. Quando sua mãe viaja a trabalho e ela fica sozinha em casa, decide que vai dar um jeito na sua caretice e vai fundo nessa ideia. Entre as muitas mudanças que pretende promover na sua vida, a virgindade parece ser uma das prioridades, mas será que a hora certa é agora? Embora esteja decidida em investir no mais galinha da turma para viver sua primeira experiência sexual, um trabalho em grupo na escola e uma viagem com amigos podem mudar para sempre suas expectativas, porque ela descobre que nem tudo é exatamente como dizem e a verdade pode ser bem diferente da realidade.

O que discute: Este filme pode provocar uma boa conversa sobre virgindade e a primeira relação sexual.

Veja o trailer:

 


BILLY ELLIOT

(Comédia dramática/musical, Reino Unido, 1999)
Direção: Stephen Daldry
Elenco: Jamie Bell, Julie Walters, Gary Lewis 

Billy Elliot é um garoto de 11 anos que vive numa pequena cidade da Inglaterra, onde o principal meio de sustento são as minas de carvão da cidade. Obrigado pelo pai a treinar boxe, Billy fica fascinado pelo balé ao entrar em contato com a dança clássica em aulas realizadas na mesma academia onde pratica pugilismo. Incentivado pela professora de dança, que vê em Billy um talento nato para o balé, ele resolve pendurar as luvas e se dedicar à dança, mesmo tendo de enfrentar a contrariedade e o preconceito da família e da comunidade local.

O que discute: O filme é um excelente material de apoio para trabalhar com os alunos o preconceito de gênero. Ele aborda claramente como coisas que são de menina também podem ser de menino e vice-versa. 

Veja o trailer:

 


ABC DO AMOR

(Comédia/romance/família, Estados Unidos, 2006)
Direção: Mark Levin
Elenco: Josh Hutcherson, Charlie Ray, Bradley Whitford 

Gabe Burton é um garoto de 10 anos que cursa a 5ª série e mora com seus pais, Adam e Leslie, em Manhattan. Os pais de Gabe estão separados há um ano e meio, mas ainda moram juntos. Gabe é feliz se divertindo com seus amigos, sem se interessar por garotas. A situação muda quando ele começa a ter aulas de caratê, onde passa a praticar com Rosemary Telesco, uma amiga de infância. Gabe se apaixona por Rosemary, mas não consegue entender os novos sentimentos que agora possui. No filme, o amor é visto pelo olhar de duas crianças.

O que discute: Um excelente instrumento de apoio para trabalhar com seus filhos este sentimento que tanto tira a concentração deles dos estudos. Você pode utilizar algumas sequências para trabalhar os papéis sexuais e de gênero, e ainda refletir com eles sobre o que os meninos pensam das meninas e vice-versa.


Veja o trailer:

 

 

CONFISSÕES DE ADOLESCENTE

(Comédia dramática, Brasil, 2014)
Direção: Daniel Filho, Cris D'Amato
Elenco: Sophia Abrahão, Isabella Camero, Malu Rodrigues 

Paulo está passando por dificuldades financeiras para sustentar as quatro filhas, Tina, Bianca, Alice e Karina, depois que anunciaram um novo aumento no aluguel. Quando ele avisa que eles precisam se mudar do apartamento onde vivem, na Barra da Tijuca, elas se comprometem em ajudar de alguma forma, começando a cortar despesas bobas e ajudando nas tarefas domésticas. Mas enquanto precisam lidar com essa novidade, o quarteto tem outras experiências relacionadas a idade de cada uma delas. Apesar dos conflitos, a união entre elas permanece e as experiências irão contribuir para manter a família unida.

O que discute: Como o seriado, o filme também pode ser um excelente meio de fomentar a conversa sobre a sexualidade na adolescência. 

Veja o trailer:

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso