X
X

Diário da Região

11/10/2015 - 01h02min

Saúde

12 x 8: esta é a fórmula ideal da pressão sanguínea

Saúde

Stock Images/Divulgação NULL
NULL

Médicos do National Institutes of Health (NIH) anunciaram uma fórmula numérica que promete chamar a atenção do mundo todo. Eles determinaram qual é a pressão arterial máxima para não ser considerado um hipertenso: 120 x 80 ou 12 x 8. O primeiro número indica a pressão com que o sangue é bombeado do coração para o resto do corpo; e o segundo, a pressão no caminho inverso. Um marca a pressão sistólica e o outro, a diastólica. 

O estudo, financiado pelo governo norte-americano, conclui que é preciso mudar a meta do que é considerado pressão alta. Ou seja, muitas pessoas podem entrar, a partir de agora, para a lista dos hipertensos. Até agora, a maioria dos médicos lidava com uma margem de diferença maior: taxas de 140 x 90 ou 14 x 9 eram perfeitamente aceitáveis. Agora não mais. "Sim, a pressão arterial ideal é de 120 x 80 mmHg", diz o cardiologista Paulo Roberto Nogueira, chefe de disciplina do Departamento de Cardiologia da Faculdade de Medicina de Rio Preto (Famerp). 

Há dois anos, a Sociedade Brasileira de Cardiologia lançou a campanha anual "SOU 12x8", conclamando a população para os níveis ideais. "A hipertensão arterial, em 95% dos casos, é chamada de hipertensão essencial. Nesses casos, não se encontra uma causa única, e, sim, uma série de fatores associados como genética, sedentarismo, obesidade, personalidade tipo A (estressados, perfeccionistas), alimentação inadequada (excesso de sódio), entre outros", complementa Nogueira. 

Cerca de 5% dos casos, em geral, com início em idades mais jovens, se determina que a hipertensão tem como causa uma doença de base como obstrução de artéria renal e causas endócrinas.


Acerte os ponteiros

Índices que valem a partir de agora:

  • Normal - 120 x 80 até 129 x 84
  • Pré-hipertenso - 130 x 85 até 139 x 89
  • Hipertenso - 140 x 90 ou mais

 
Índices que eram aceitos até então:

  • Normal - 120 x 80 até 139 x 89
  • Pré-hipertenso - 140 x 90 até 149 x 90
  • Hipertenso - 150 x 90 ou mais

O que significam os números:

*120 x **80

Pressão sistólica (ou máxima)* - Corresponde à força do fluxo de sangue contra a parede dos vasos, quando o músculo cardíaco se contrai e bombeia sangue para o resto do corpo; é a mais relevante e perigosa
 
Pressão distólica (ou mínima)** - Corresponde à medição no momento em que o coração relaxa e fica cheio de sangue


Novo limite vai reduzir mortes

O estudo constatou que baixar o limite para 12 poderá fazer com que sua saúde melhore muito. Ele foi feito com 9.300 homens e mulheres acima de 50 anos. Esse novo limite reduziria o risco de morte para quem tem mais de 50 anos em 25% e o de doenças como derrame e insuficiência cardíaca em mais de 30%. "Este estudo fornece informações que podem salvar vidas", declarou Gary Gibbons, diretor do Instituto de Coração, Pulmão e Sangue. 

Os médicos têm debatido há muito tempo o quão baixa a pressão de seus pacientes deve estar, especialmente quando envelhecem. "Esse estudo certamente indica que menor é melhor", disse Mark Creager, presidente da American Heart Association, que não esteve envolvido com a pesquisa. Ele chamou a investigação de um possível caminho para estratégias de tratamento "que vai economizar uma quantidade significativa de vidas". 

Números altos no Brasil

Um em cada cinco brasileiros com mais de 18 anos está com a pressão alta. Entre os 60 e 64 anos, essa proporção dá um pulo: quatro em cada dez pessoas nessa faixa têm hipertensão, segundo o Ministério da Saúde. Acima de 75 anos, os hipertensos correspondem a mais de 55%. A meta de pressão arterial 120 x 80 já vem sendo discutida e colocada em prática por cardiologista há alguns anos. 

"Apesar de termos uma diretriz que diz que o limite máximo da pressão deverá ser 140 x 90, sabemos, na prática clínica diária, que a pressão arterial abaixo de 120 x 80 traz uma sobrecarga menor ao sistema cardiovascular, e, com isso, realmente reduz muito o índice de doenças e eventos cardiovasculares", diz o cardiologista Marcelo Menis. 

Se a pressão arterial estiver abaixo de 120x80 a chance do paciente ter um IAM ou um AVC é realmente muito menor. A nova diretriz deve aumentar o número de pessoas consideradas hipertensas e o controle não é tarefa tão fácil, uma vez que a hipertensão  é uma doença multifatorial. Por isso, o controle é difícil, e não deve ficar apenas na medicação. "O remédio ajuda mas há a necessidade de corrigir os outros fatores", diz o cardiologista Percival Trindade, do Incor Rio Preto.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso