X
X

Diário da Região

14/02/2016 - 12h07min

Arsenal

Welbeck volta com gol, marca no último lance e faz Arsenal vencer líder Leicester

Arsenal

O Campeonato Inglês proporcionou mais um jogo para se assistir de pé neste domingo. Numa partida cheia de nuances, de pênalti e expulsões polêmicos e milagres do goleiro, quem resolveu foi Danny Welbeck. Sem jogar desde abril, o atacante inglês entrou em campo para atuar por 10 minutos, marcou no último lance e garantiu a vitória de virada o Arsenal sobre o ainda líder Leicester por 2 a 1, em casa. Ainda em primeiro, o Leicester tem 53 pontos, contra 51 do Arsenal, que fica provisoriamente em segundo. Logo mais, o Tottenham, terceiro colocado, com 48, joga contra o Manchester City, que tem 47. A partida será em Manchester e quem perder se afasta da briga pelo título. Com mais uma ótima partida de Kanté, o Leicester City saiu na frente contra o Arsenal graças a um pênalti no último minuto do primeiro tempo. Vardy, artilheiro do Inglês, tentou driblar Monreal na entrada da área e caiu. O bandeirinha marcou o pênalti, bastante discutível. O próprio Vardy bateu, para fazer seu 19.º gol no torneio. Depois de ganhar do Liverpool e do Manchester City nas últimas duas rodadas, o Leicester parecia que faria mais uma vítima entre os grandes. Mas logo aos 9 minutos do segundo tempo, Simpson recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, deixando a equipe do interior da Inglaterra com um jogador a menos. Arsène Wenger não teve dúvidas e mandou o Arsenal para o ataque com a entrada de Walcott no lugar do volante Coquelin. Nove minutos depois, aos 25, o atacante recebeu passe de Giroud na área e empatou. O Arsenal passou a amassar o Leicester no seu campo de defesa, principalmente na base do chuveirinho. Num desses lances, já quase no final, o goleiro Kasper Schmeichel, filho do lendário ex-goleiro cinco vezes campeão com o Manchester United, fez um milagre a queima-roupa. Parecia que nada tiraria a vitória do Leicester, mas o Arsenal tinha o brilho de Danny Welbeck. Sem jogar desde abril por conta de lesões, o atacante entrou no fim para atuar por 10 minutos e fez o gol da vitória aos 49 do segundo tempo, no último lance do jogo, para delírio do Emirates Stadium. O gol saiu da única forma que o Arsenal sabia atacar: no chuveirinho. Em péssimo dia, Özil se salvou com a assistência.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso