X
X

Diário da Região

15/03/2015 - 02h10min

Briga pelo G4

Mirassol busca regularidade no A-2 diante do Água Santa

Briga pelo G4

Sergio Isso Atacante Ermínio ganhou elogios por sua velocidade e terá sua segunda chance como titular hoje
Atacante Ermínio ganhou elogios por sua velocidade e terá sua segunda chance como titular hoje

Após altos e baixos, o Mirassol tenta engrenar no Campeonato Paulista da Série A-2, hoje, diante do Água Santa, às 10 horas, no estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol. A partida é válida pela décima rodada e é mais um confronto direto para o Leão não ficar longe do G-4 - zona de acesso à Elite. O Leão da Araraquarense, com 13 pontos, está na parte intermediária da tabela de classificação. Já o Água Santa, com 17, precisa da vitória para entrar no G-4.


"É mais uma decisão. Pedimos o apoio do torcedor, pois temos a certeza que os jogadores vão retribuir com um bom futebol", disse o técnico Evaristo Piza.Será uma manhã de reencontros. O elenco mirassolense volta ao Maião depois da má impressão deixada no domingo passado, quando a equipe foi derrotada pela Ferroviária por 3 a 1 e, com futebol apático, teve a sorte de não ser goleada.


Até por isso, Piza pede a presença da torcida, esperançoso pela recuperação do time, uma vez que depois do vexame fez uma série de mudanças, adotando o esquema com três zagueiros. O resultado veio, conseguiu bater o São Caetano, até então único invicto, em pleno estádio Anacleto Campanella. Do lado do Água Santa, clube de Diadema, boa parte do elenco é da região. No comando, está o técnico Márcio Ribeiro, de Rio Preto.


O atacante Tiago Cavalcanti, é natural de Mirassol. Inclusive, o poder ofensivo do Água Santa deixa os mirassolenses em alerta. Tem o melhor ataque da competição, com 20 gols em dez jogos. Piza manteve o esquema com três zagueiros para receber o time de Diadema. Eron, barrado após a derrota para Ferroviária, assumiu o lugar do zagueiro Jorge Luiz, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.


"Não é por isso que vamos deixar de ser ofensivos", prometeu o comandante mirassolense, que conta com a velocidade dos alas Kevin e César e dos atacantes Ermínio e Marcelo Toscano. "Tivemos uma ótima performance em São Caetano e vamos lutar muito para manter o ritmo em casa", disse Kevin.


Já Ermínio, bem avaliado após a vitória sobre o São Caetano, fará o seu segundo jogo pelo Mirassol na competição. "O Água Santa joga junto desde o ano passado e vai nos dar trabalho, mas temos que fazer a nossa lição de casa e uma vitória vai nos dará confiança", disse.


Ficha técnica:


Mirassol


Gatti; Bruno Maia, Eron e Magrão; Kevin, Xaves, Alex Silva, Adriano e César; Ermínio e Marcelo Toscano. Técnico: Evaristo Piza.


Água Santa


Dheimison; Jonathan, Rafael Tavares, Augusto e João Paulo; Thiago Batista, Russo, Guina e Carlos Henrique (Borebi); Tiago Cavalcanti e Júlio Madureira. Técnico: Márcio Ribeiro.


Árbitro: Demetrius Pinto Candançan. Local: estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol, hoje às 10 horas. Ingressos: R$ 20 arquibancada e R$ 40 na coberta. Há meia-entrada para estudantes com carteirinha da UNE ou Umes, mulheres, crianças de 5 a 12 anos e pessoas acima de 60 anos.

Sergio Isso Atacante Tiago Cavalcanti é mirassolense e já defendeu o Leão

Time de Diadema se sente em casa no Maião

Basta ver a escalação que o torcedor da região reconhecerá com facilidade o elenco do Água Santa, adversário do Mirassol hoje, às 10 horas, no Maião. O zagueiro Augusto atuou pelo Leão em 2008 e 2012. O atacante Tiago Cavalcanti nasceu e ainda mora na cidade. Ele começou no Leão nas categorias de base e voltou para o Brasileiro da Série D de 2011.

Da comissão técnica, Márcio Ribeiro e o preparador físico Fabinho Jacobasso são rio-pretenses e trabalharam em clubes como América, Rio Preto e Catanduvense. "Gosto muito da nossa região, infelizmente os clubes da minha cidade (Rio Preto) não vivem um bom momento", lamentou Ribeiro, que comanda o Água Santa desde a Segundona (4ª divisão) de 2013 e foi responsável pelos acessos até a Série A-2.

O meia Francisco Alex, ex-Catanduvense, suspenso hoje, por exemplo, poderá dar lugar ao meia Carlos Henrique, da base do Jacaré, ou a Borebi, que já vestiu as camisas de Mirassol e Monte Azul. Desde terça-feira, o Água Santa está hospedado em um hotel na região.

Na quarta-feira, o time venceu o Catanduvense por 2 a 1. "O calor aqui é muito grande, então foi importante continuar na região e evitamos o cansaço de ir e voltar a Diadema", disse Ribeiro, que estudou o Mirassol ao longo desses dias. "É um adversário que montou um time com jogadores da Série A-1 e que ainda não encaixou."

Monte Azul encara Matonense, às 10h

Depois de somar apenas um ponto nos dois últimos jogos em casa, o Monte Azul visita a Matonense hoje, às 10 horas, no estádio Hudson Buck Ferreira. A partida é confronto direto na parte de baixo da tabela. Os dois times estão empatados com sete pontos cada e na zona do rebaixamento à Série A-3 de 2015. O técnico do Azulão, Moisés Egert, com todo o elenco à disposição, vai manter o mesmo time que empatou com o Santo André para buscar sua primeira vitória.

Ficha técnica:


Matonense

Wilson Júnior; Bruninho, Fabão, Jean Pablo e Dener; Régis, Elsinho e Heleno; Jean Carlos, Jonatas Obina e Jardel. Técnico: Luis dos Reis.

Monte Azul

João Guilherme; Luis Guilherme, Jorge Miguel, Diego Rafael e Rafael; Da Mata, Pedrinho, Deco e Gabriel; Dairo e Canela. Técnico: Moisés Egert.

Árbitro: Maurício Antônio Fioretti. Local: estádio Hudson Buck Ferreira, em Matão, hoje às 10 horas, com transmissão da Rede Vida de Televisão.


Novorizontino pega o Paulista

Próximo do G-4, o Novorizontino visita o Paulista, hoje às 16 horas, no estádio Jaime Cintra, em Jundiaí. A partida é válida pela décima rodada da Série A-2 do Campeonato Paulista. O Tigre, com 17 pontos, vive uma situação melhor na tabela de classificação, ao contrário da equipe de Jundiaí, que com dez pontos está mais próxima da zona do rebaixamento.

No entanto, além de jogar em casa, o Galo vem de uma reação nas duas últimas rodadas, com vitórias sobre Comercial, por 2 a 1, e Matonense, por 1 a 0. "É uma equipe que vem crescendo, merece o nosso respeito, assim como fizemos contra todos os adversários.

Mas nosso time tem grandes chances de estar entre os quatro primeiros", disse o técnico do Tigre, Guilherme Alves, que esconde a escalação, mas terá como grande novidade o retorno do zagueiro Bruno Perone.

Ficha técnica:


Paulista

Ygor Vinhas; Felipe Rodrigues, Mayko, Rodrigo Sabiá e Felipe Augusto; Sandro Silva, Diego Xavier, Felipinho e Yannick;
Erik Mamadeira e Jaílson. Técnico: Roberval Davino.

Novorizontino

Veloso; Lucas Néwiton, Guilherme Teixeira, Marcelo Bispo e Carlinhos; (Bruno Perone) Deda, Marcelinho, Rayllan e Pereira; Cléo Silva e Guilherme Queiroz. Técnico: Guilherme Alves.

Árbitro: Carlos Roberto dos Santos Júnior. Local: estádio Jaime Cintra, em Jundiaí, hoje, às 16 horas.

Catanduvense sofre goleada

Fora de casa, o Catanduvense sofreu sua sexta derrota no Campeonato Paulista da Série A-2, ontem à tarde, por 4 a 1, diante do Oeste, no estádio dos Amaros, em Itápolis. Cada vez mais o Bruxo se afunda na zona do rebaixamento à Série A-3.

Em dez jogos, o time do técnico Ivan Kanela tem apenas uma vitória e três empates. Com seis pontos, o time está à frente apenas do Guaratinguetá, último colocado, com três. Ontem, em Itápolis, o Oeste abriu o placar aos 26 minutos com Cristiano. Sete minutos depois, Manjinha, cobrando pênalti, empatou para o time de Catanduva.

Porém, o Oeste voltou com tudo para o segundo tempo e fez dois gols em seis minutos. Vaguininho desempatou aos quatro e Wagner Carioca, cobrando falta, ampliou. Aos 31 minutos, Pablo consolidou o massacre. Para complicar, no próximo jogo, o Catanduvense volta a se apresentar fora de casa, sexta-feira, contra o Velo Clube, às 20 horas, em Rio Claro.

Oeste 4 X 1 Catanduvense

Ficha técnica:


Oeste

Ricardo; Vaguininho, Daniel Gigante, Ligger e Zeca; Wagner Carioca, Vangler, Lelê e Roger; Pablo e Cristiano. Técnico: Roberto Cavalo.

Catanduvense

Guilherme; Manjinha, Tiago Garça, Brumati e Marcelo Santos (Fabiano); Alemão, Juninho e Djair (Tiago Tiziu); João Henrique, Leandro (Jeférson) e Fabinho. Técnico: Ivan Kanela.

Gols: Cristiano aos 26 e Manjinha (pênalti) aos 31 minutos do 1º tempo; Vaguininho aos 4, Wagner Carioca aos 6 e Pablo aos 31 minutos do 2º tempo. Árbitro: Leonardo Oliveira Neves. Público e renda: não obtidos. Local: estádio dos Amaros, Itápolis, ontem à tarde.






>> Leia aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso