X
X

Diário da Região

20/07/2015 - 22h46min

Combate à corrupção

Fifa anuncia mudanças no futebol, após escândalo

Combate à corrupção

Ennio Leanza/Keystone/Associated Press 20/7/2015 Comediante inglês jogou notas falsas de dólares sobre o cartola suíço
Comediante inglês jogou notas falsas de dólares sobre o cartola suíço

A CBF terá de publicar os salários de seus dirigentes, colocar limite para mandatos e implementar uma espécie de ficha limpa para os cartolas. Nesta segunda-feira, a Fifa aprovou o início de uma reforma no futebol, atendendo a apelos internacionais por mudanças. Mas Joseph Blatter, presidente da Fifa, deixou claro que a sua entidade só faria a mudança se todos seguissem os mesmos passos, inclusive as federações nacionais. Haverá também um limite de duas reeleições.
A CBF indicou que seu presidente, Marco Polo Del Nero, não se pronunciaria. No início de junho, ele propôs e teve aprovada mudança no estatuto da entidade para que, a partir do próximo mandato - ou seja, em 2018 - o presidente só possa ser reeleito uma vez. A duração do mandato na CBF é de quatro anos.
O processo na Fifa será debatido nos próximos meses por uma força-tarefa composta por 11 pessoas e é considerado como a última iniciativa de Blatter no cargo. A decisão foi tomada na reunião extraordinária do Comitê Executivo da Fifa.
O encontro, porém, não contou com a presença de Del Nero. Temendo ser preso por conta da investigação que existe nos Estados Unidos contra ele, o brasileiro tem evitado viagens. Mas a CBF garantiu que a sua ausência não teria consequências e que Del Nero teria mantido contato antes do encontro com a Conmebol, cujo presidente Juan Napout viajou para a Suíça. O paraguaio tinha outra informação: “Não falei com ele (Del Nero)”, disse. A CBF optou por não se pronunciar sobre o comentário de Napout. A reforma atingirá em cheio a CBF, que não publica salários e teve entre 1989 e 2012 o mesmo comando.
E a próxima eleição presidencial da Fifa ocorrerá dia 26 de fevereiro de 2016. Assim, Blatter conseguirá se agarrar ao poder por um pouco mais tempo. s europeus, porém, exigiam uma eleição ainda em 2015.
Manobra
Para seus críticos, a manobra de Blatter é a de justamente transferir a pressão que recai sobre ele a todas as entidades nacionais. Ele sabe que, se colocada em votação em fevereiro de 2016, dificilmente as propostas seriam aprovadas.
Com a ficha limpa, as entidades não poderiam ter dirigentes investigados ou condenados. O limite de mandatos atingirá em cheio entidades que há décadas são controladas pelas mesmas pessoas. Segundo Blatter, foi a Uefa que vetou no passado esse limite de mandatos.
Por fim, ele quer a publicação dos salários. Mas questionado se revelaria quanto ganha, recusou-se. “Todos terão de apresentar suas rendas. Podem me perguntar quantas vezes quiserem. Mas o farei quando todos fizerem”, disse.
Comediante
Um protesto contra Joseph Blatter interrompeu a primeira aparição do suíço diante de jornalistas desde que anunciou que renunciaria a presidência da Fifa. O comediante inglês Lee Nelson jogou notas falsas de dólares no dirigente que, abalado, pediu para que se retirasse da sala. Nervoso, o cartola anunciou apenas que sairia por alguns momentos para que o chão, repleto de notas falsas de dinheiro, fossem retiradas. “Isso não tem nada a ver com o futebol. Temos de limpar a casa”, declarou Blatter.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso