X
X

Diário da Região

27/08/2015 - 00h00min

Demissões

Veja dicas para se recolocar no mercado de trabalho

Demissões

Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas/ Arquivo Indicação de amigos e colegas profissionais contribui na recolocação
Indicação de amigos e colegas profissionais contribui na recolocação

Rio Preto teve o pior julho da história do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho e do Emprego (MTE). No período, foram encerradas 307 vagas de trabalho com carteira assinada, marcando a primeira vez que o mês teve saldo negativo desde 2003. O crescimento nas demissões, registrado nos últimos meses na cidade, é preocupante, mas não significa que o mercado não possui outras oportunidades e saber onde e como procurar pode ser o grande diferencial.

O primeiro passo após uma demissão, segundo especialistas, é não ficar parado. “Não espere o fim da vigência do seguro desemprego, caso tenha direito. Além disso, é fundamental que o profissional tenha planejamento e estratégia para organizar suas frentes de busca, além de se preparar para as entrevistas”, afirma Mayrton Cesar Bernardi, gestor da Interior RH.

Segundo Ana Carolina Verdi Braga, diretora da Cegente Educação Coorporativa, para começar a procurar um novo emprego, a pessoa deve verificar o que ela quer, em qual empresa gostaria de trabalhar e qual o cargo que almeja. “No primeiro momento, o candidato deve buscar as empresas ideais, no seu ponto de vista, e pesquisar essas empresas, entrar no site, conhecer a fundo.”

Uma boa opção é buscar a ajuda de amigos. “Nada melhor do que alguém que te conhece para fazer uma indicação para uma empresa. A indicação tem um peso muito forte e as pessoas que trabalham com recolocação, os recrutadores, sempre que precisam preencher uma vaga, perguntam primeiro para o seu networking. Por isso a importância em falar para todos os conhecidos que você está à procura de um novo desafio profissional. E não precisa ter vergonha em pedir a ajuda, pois a maioria das pessoas tem prazer em ajudar”, afirma Ana Carolina.

Além dos amigos, o networking, que é uma rede de relacionamentos profissional, assume papel fundamental no retorno ao mercado de trabalho. “É pelo networking que o profissional pode identificar e ser apresentado às oportunidades de empregos existentes. Existem pesquisas que mostram que metade das pessoas empregadas atualmente foram indicadas por alguém, daí a importância da rede de contatos”, diz Bernardi.

Mas o networking não deve ser algo trabalhado apenas na hora de necessidade, explica Ana Carolina. “Temos que manter um contato ativo com as pessoas sempre. Na hora que você precisar, com certeza as suas chances serão muito maiores, pois o vínculo já existe e a outra pessoa não vai se sentir usada por você.”

O desemprego também pode ser uma oportunidade para uma mudança radical nos rumos de sua carreira. “Quando estamos nesse momento, é a hora ideal de pensar: ‘Estou fazendo o que gosto? Tenho prazer no que faço?’. Caso as respostas sejam negativas, esse é o momento ideal para mudar de área, mudar de carreira, ou até mesmo investir no seu próprio negócio”, aconselha Ana Carolina.

Entretanto, a motivação para uma mudança de área nunca deve ser apenas por dinheiro, acompanhando talvez uma moda de mercado, diz Bernardi. “O profissional precisa identificar o que exatamente está motivando o seu desejo de mudança. Caso identifique que é apenas financeiro, talvez o momento não seja o mais o oportuno.”

Dicas

  • Converse com amigos
  • Continue estudando e se especializando
  • Utilize as redes sociais a seu favor, em especial o Linkedin
  • Lembre-se que o Linkedin é profissional, então, nada de ficar colocando coisas pessoais
  • Mantenha seu perfil atualizado
  • Atualize seu currículo
  • Foque na área que está buscando
  • Faça currículos diferentes, com focos em áreas diferentes e encaminhe para essas opções
  • Seja direto, currículo de no máximo duas folhas
  • Liste apenas os cursos que estão ligados ao seu campo de interesse
  • Caso não seja muito bom em português, peça para alguém revisar seu currículo antes de enviálo

Fonte - Reportagem

 

 

 

>> Acesse aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso