Taxas de juros sobem com IPCA acima do teto das estimativasÍcone de fechar Fechar

São Paulo

Taxas de juros sobem com IPCA acima do teto das estimativas

São Paulo


    • São José do Rio Preto
    • máx min
A inflação oficial em janeiro acima do teto do intervalo de previsões determinou alta dos juros futuros no começo da sessão desta sexta-feira, 5. O dólar à vista no balcão valorizado ante o real também contribui para o avanço das taxas, principalmente as de longo prazo. Às 9h45, o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) com vencimento em janeiro de 2017 exibia taxa de 14,625%, ante 14,530% no ajuste da quinta-feira, 4. O para janeiro de 2021 apontava 16,12%, de 15,96%. O IPCA subiu 1,27% em janeiro, ante 0,96%. As previsões apuradas pelo AE Projeções iam de 0,94% a 1,21%. Em 12 meses até o mês passado, acumulou alta de 10,71%, segundo o IBGE. O indicador de difusão do IPCA, que mede o quanto a alta de preços está espalhada, avançou para 77,3%, de 75,3% entre um mês e o outro, conforme cálculos do Haitong. Mais cedo, o IGP-DI havia mostrado avanço de 1,53% em janeiro, ante 0,44% e também acima do teto do intervalo de expectativas (1,08% a 1,48%). Uma inflação mais elevada reforça apostas de que o Banco Central mantenha a Selic na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), em março.