X
X

Diário da Região

24/05/2016 - 09h54min

Rio

Parente passará por 'rito sucessório' na Petrobras

Rio

A confirmação de Pedro Parente como presidente da Petrobras só deve ocorrer a partir da próxima terça-feira, dia 31, após uma análise de conformidade da trajetória profissional do executivo. Na segunda-feira, 23, o conselho de administração da estatal se reuniu para avaliar a indicação e o processo de transição no comando da empresa. Parente se reuniu com o atual presidente da empresa, Aldemir Bendine, na sede da estatal para tratar aspectos da transição. Ambos concordaram com o processo de sucessão para "minimizar riscos" de questionamentos sobre a transição por autoridades do mercado de capitais. Em comunicado encaminhado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a Petrobras informou que a indicação de Parente foi analisada pelo conselho, mas passará por "procedimentos de governança corporativa, conformidade e integridade necessários ao processo sucessório". A previsão é que o conselho confirme a escolha de Pedro Parente até a próxima segunda-feira. Nesse período, o executivo ainda passará por testes como análise de currículo, antecedentes profissionais e relações com funcionários da companhia em cargos de gerência. Será o primeiro presidente a seguir o procedimento, estabelecido em assembleia de acionistas no último mês. Carta O Broadcast, serviço de informação em tempo real da Agência Estado, apurou que Bendine já tinha preparado uma carta de renúncia para entregar ao conselho. No documento, o executivo destaca a reestruturação financeira da companhia nos 15 meses de sua gestão, como os cortes de cargos e gastos administrativos, o alongamento e redução do endividamento, além do resultado positivo no fluxo de caixa da companhia nos últimos quatro trimestres. Pedro Parente foi apresentado formalmente aos integrantes do conselho e a diretores da estatal na segunda-feira pela manhã. A sinalização do executivo é que a atual diretoria permanecerá no cargo em um primeiro momento. O diretor financeiro, Ivan Monteiro, já tinha se reunido no domingo com o futuro presidente e aceitou permanecer no cargo na nova gestão - os demais deverão ter o desempenho avaliado nos próximos meses. A permanência de Ivan Monteiro era defendida pelo mercado, devido a sua atuação à frente da reestruturação financeira e no plano de desinvestimentos da companhia no último ano. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso