X
X

Diário da Região

09/04/2015 - 17h12min

São Paulo

Juros sobem em linha com retorno dos títulos dos EUA e do dólar

São Paulo

Os juros futuros recompuseram prêmios e terminaram em alta nesta quinta-feira, 9, puxados, principalmente, pela ascensão das taxas na curva norte-americana, com a ajuda do esgotamento das perdas do dólar e, pela manhã, do leilão de papéis prefixados. O Tesouro Nacional vendeu pouco mais de 15 milhões de Letras do Tesouro Nacional (LTN), com volume financeiro de R$ 11,8 bilhões. Ao término da sessão regular, o DI janeiro de 2016 (184.185 contratos) estava em 13,26%, de 13,22% no ajuste de ontem. O DI janeiro de 2017 subia de 12,98% para 13,10%, com 345.960 contratos. O DI janeiro de 2021, com 159.440 contratos, terminou em 12,63% (máxima), ante 12,53%. O dólar à vista no balcão subiu 0,43%, a R$ 3,068. Nos EUA, os juros dos Treasuries (títulos dos EUA) subiram com força, refletindo o leilão do Tesouro de US$ 13 bilhões em T-bonds de 30 anos, em reabertura de emissão feita em fevereiro. As ofertas de compra totalizaram US$ 28,338 bilhões e a relação ofertas feitas/ofertas aceitas ("bid to cover") ficou em 2,18, abaixo da média de 2,42. Perto das 16h30, a T-Note de dez anos projetava 1,959%, de 1,895% no final da tarde de ontem. A decisão da Fitch de rever a perspectiva da nota soberana do Brasil de neutra para negativa foi relativizada, com os analistas dando mais importância ao fato de a agência não ter alterado o rating em si, mas somente a perspectiva. Os investidores acreditam que a classificação BBB dada pela agência está atrasada ante as demais. "O outlook negativo foi melhor do que o mercado estava pensando, de que iriam direto para o downgrade", disse o economista-chefe do Banco Brasil Plural, Mário Mesquita. Na agenda local do dia, o destaque foi a divulgação, pelo IBGE, da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, mas que não chegou a influenciar os negócios. A taxa de desemprego medida pelo levantamento ficou em 7,4% no trimestre até fevereiro, o que representou aumento em relação a fevereiro de 2014, quando estava em 6,8%.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso