X
X

Diário da Região

23/03/2015 - 12h12min

São Paulo

Itens ligados ao dólar sobem menos no IPC-S, avalia FGV

São Paulo

O consumo mais enfraquecido no mercado interno pode estar limitando a transmissão dos efeitos da depreciação cambial para os preços de alguns produtos ligados ao dólar, avaliou nesta segunda-feira, 23, o economista e coordenador do Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) da Fundação Getulio Vargas (FGV), Paulo Picchetti. "As condições para repasse do câmbio estão bem pouco favoráveis. Até por conta disso, o grupo industrializados deu uma declinada", disse, ao referir-se à taxa de 0,43% dos industrializados na terceira leitura do mês, após 0,60% na segunda. O IPC-S, por sua vez, ficou em 1,47% (ante 1,49%). "No mínimo, os industrializados interrompem a trajetória de alta que era devagar, mas contínua, e justamente no momento em que o dólar atingiu a maior cotação desde 2003. É óbvio que o repasse não é imediato. Por outro lado, é óbvio também que as condições atuais provavelmente vão mostrar que o efeito não só vai demorar mais que no passado como também poderá ser pouco intenso", explicou. Na última quinta-feira, o dólar ante o real teve alta de 2,49% e atingiu R$ 3,2950, para o maior patamar de fechamento desde 1.º de abril de 2003. Picchetti citou como exemplo o comportamento dos preços dos automóveis novos e usados, que apresentaram, pela ordem, taxas de 1,19% e 0,72% na terceira medição de março, e já estão desacelerando nas pesquisas mais recentes, dando indícios de queda. "Tem ainda o aumento dos juros, crédito mais apertado e os efeitos da isenção do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados)", afirmou. O pão francês, que passou de 0,97% para 0,96% entre a segunda e a terceira semanas, já está desacelerando nas pesquisas de ponta (mais atualizadas), disse Picchetti. "Realmente, a questão de demanda vai começar a pegar se é que não pegou já", considerou.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso