X
X

Diário da Região

06/02/2015 - 11h31min

Rio

Inflação de serviços desacelera para 0,87% no IPCA de janeiro, diz IBGE

Rio


A inflação de serviços desacelerou de 1,20% em dezembro para 0,87% em janeiro, dentro do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No entanto, no acumulado em 12 meses, os aumentos nos serviços continuam acima da inflação oficial, com alta de 8,75% ante uma taxa de 7,14% do IPCA. "Os serviços desaceleraram por causa das passagens aéreas", afirmou Eulina Nunes dos Santos, coordenadora de Índices de Preços do IBGE.

As tarifas aéreas recuaram 4,25% em janeiro, após o salto de 42,53% em dezembro. A alimentação fora do domicílio registrou desaceleração, de 1,31% em dezembro para 1,01% em janeiro.

Na direção oposta, ficaram ainda mais caros o aluguel residencial (de 0,57% em dezembro para 1,22% em janeiro) e condomínio (de 0,52% em dezembro para 0,81% em janeiro).

Monitorados

De acordo com o IBGE, a inflação de bens e serviços monitorados saltou de 0,43% em dezembro para 2,50% em janeiro, dentro do IPCA. O resultado ficou bem acima da inflação geral registrada no último mês, de 1,24%.

A taxa em 12 meses dos monitorados alcançou 7,55%, também superior à do IPCA no período, que ficou em 7,14%.

"O consumidor passou a pagar mais pelos ônibus urbanos nas principais regiões metropolitanas. Não só pelos ônibus urbanos, mas também táxi... Todo o setor de transporte público passou a pesar mais no bolso do consumidor", lembrou Eulina.

No entanto, o destaque na inflação de janeiro foi a tarifa de energia elétrica, também considerada um item monitorado, cujo aumento chegou a 8,27% no mês.

A taxa de água e esgoto também subiu, alta de 1,42% em janeiro, puxada por Campo Grande (elevação de 11,19%, devido a reajuste de 12,26% a partir de 3 de janeiro) e São Paulo (5,83%, devido a reajuste de 6,47% desde 27 de dezembro).

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso