X
X

Diário da Região

27/08/2015 - 16h22min

Brasília

Guimarães diz que volta da CPMF não foi discutida dentro do governo

Brasília

O líder do governo na Câmara, deputado José Guimarães (PT-CE), negou nesta quinta-feira, 27, que o retorno da CPMF esteja sendo estudado pelo governo. "Nunca fizemos essa discussão dentro do governo. Pelo contrário, quando algum líder colocou essa matéria em discussão no semestre passado, a presidente Dilma Rousseff disse que não era momento de discutir a criação de um novo tributo", disse o petista. Para Guimarães, as notícias publicadas pelos jornais nesta quinta-feira de que o governo prepara a volta do tributo para auxiliar nas contas são "invenções criativas". Questionado se as informações sobre o tema poderiam ter partido de "fogo amigo", o petista disse não saber. "Eu não sei, mas alguém disse para os jornais e não fui eu". Diante da insistência dos repórteres, Guimarães voltou a afirmar que a pauta não estava em discussão pelo governo, porém, relativizou. "O governo não discutiu e, se discutiu, foi na minha ausência." O líder do partido na Câmara disse ter a opinião pessoal de que é preciso "uma ampla discussão" sobre como financiar a saúde no País. "Da forma como a CPMF foi acabada pelos senadores (em 2007), foi um duro golpe para o SUS e, como sou defensor do SUS, defendo que se tenha uma contribuição social vinculada constitucionalmente e dividida entre os três entes federados", afirmou, destacando que prepara um projeto sobre o tema. O suposto retorno do imposto tem tido repercussão hoje na Câmara dos Deputados. O presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), se manifestou pessoalmente contrário ao retorno do imposto. "Da minha parte, eu sou contrário à volta da CPMF. Acho pouco provável que aprove aqui na Casa, mas, se eles mandarem, o processo vai tramitar. Mas vejo pouca possibilidade de aprovar", afirmou Cunha. O deputado Ivan Valente (PSOL-SP) disse nesta quinta que não é um bom momento para se discutir o retorno da CPMF. "É uma necessidade do governo de aumentar a arrecadação num momento de crise. Agora, a verdade é que todo o dinheiro da CPMF no governo Fernando Henrique e Lula foi para pagar juros e amortização da dívida pública e não para a saúde fundamentalmente", comentou.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso