Diário da Região

16/07/2015 - 09h10min

Santos

Busca por vaga termina em protesto violento

Santos

A busca por empregos em obras da Refinaria Presidente Bernardes, da Petrobras, em Cubatão, acabou se transformando em um protesto que, até a quarta-feira, 15, terminou com quatro pessoas detidas, seis ônibus e uma banca de jornal incendiados, vários carros e caminhões depredados e uma rodovia, a Cônego Domênico Rangoni, interditada. Segundo a prefeitura da cidade, o Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) teve de ser fechado depois de um grupo de pessoas ter destruído parte do local, com agressão aos funcionários. De acordo com a prefeitura, a confusão foi provocada por pessoas que vieram de outras cidades. "O tumulto foi provocado por trabalhadores que, segundo testemunhas, seriam de fora da cidade e pretendiam fazer ali cadastramento para trabalhar nas empreiteiras que atuarão nas obras de manutenção da Refinaria Presidente Bernardes. Essas obras, segundo a Petrobras vão gerar 3,5 mil vagas de emprego a partir de agosto. No entanto, o cadastramento de trabalhadores para essas obras ainda não teve início e, quando isso ocorrer, será aberto um posto avançado do PAT na área da refinaria. Essa informação vem sendo divulgada há um mês, em cartazes afixados não só no PAT, mas em vários pontos da cidade e divulgada por meio da imprensa", informou a prefeitura, em nota. O protesto, no começo da manhã de quarta-feira, 15, reuniu dezenas de pessoas na Rodovia Cônego Domênico Rangoni e provocou a interdição de todas as pistas, nos dois sentidos, a partir do km 260, no trecho de Cubatão. A concessionária Ecovias registrou, por volta de 11h30, mais de sete quilômetros de congestionamento em direção ao Guarujá e pelo menos dois quilômetros no sentido da capital paulista. Congestionamento Houve reflexo também na Rodovia Padre Manoel da Nóbrega - ligação do Sistema Anchieta-Imigrantes com o litoral sul paulista -, que acumulou quatro quilômetros de lentidão. Na Via Anchieta, a pista sentido São Paulo teve 11 quilômetros de congestionamento na região da Baixada Santista e de seis quilômetros no planalto. A Polícia Militar Rodoviária fechou o tráfego no km 40 da Anchieta, no trecho de serra, para evitar assaltos. Interdições e lentidão atrapalharam bastante a viagem de quem mora na Baixada Santista e trabalha na capital. Muitos ônibus executivos fretados ficaram parados na estrada, e o percurso, que demora, em média, uma hora para ser concluído, demorou três ou quatro vezes mais. Para tentar fugir da confusão nas rodovias, muitos motoristas optaram pelo transporte de balsas entre Santos e Guarujá, o que provocou longas filas em ambos os sentidos, com até 60 minutos de espera nos dois lados, mesmo com seis embarcações em operação. Houve ainda reflexo na entrada de Santos e dentro da cidade, onde a lentidão atingiu a avenida da orla, incluindo a divisa com o município de São Vicente. Segundo a Polícia Militar, 150 homens atuaram na contenção do protesto, com uso de bombas de gás. Um helicóptero participou da operação. O protesto chegou até a Avenida 9 de Abril, em Cubatão, onde fica o posto do PAT. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso