X
X

Diário da Região

20/06/2016 - 18h17min

São Paulo

Índice Bovespa tem quarta alta seguida com influência externa

São Paulo

A Bovespa teve nesta segunda-feira, 20, sua quarta alta consecutiva, mais uma vez influenciada pelo cenário internacional. O bom humor do investidor estrangeiro se apoiou em pesquisas que mostraram menor chance de saída do Reino Unido da União Europeia, o chamado Brexit. Influenciado pelos mercados europeus e americano, o Índice Bovespa fechou em alta de 1,61%, aos 50.329,36 pontos. O noticiário político, embora relevante, foi mais uma vez minimizado. Pesquisas de opinião divulgadas no final de semana confirmaram o que os investidores já apostavam na semana passada, após o assassinato da deputada trabalhista britânica Jo Cox, contrária ao Brexit. Levantamento da Survation publicado pelo jornal Mail on Sunday mostrou que o grupo que votará pela permanência do país na UE cresceu e está com 45% das intenções de voto, contra 42% do grupo que optará pelo Brexit. A pesquisa YouGov para o The Sunday Times mostrou 44% para o "permanecer" e 43% para o "sair". Um levantamento feito pelo instituto Opinium e publicado domingo pelo The Observer mostra ambos os lados com 44% das intenções de voto. As bolsas europeias reagiram com forte alta e contagiaram os demais mercados. No Reino Unido, o índice FTSE 100 subiu 3,04%. O movimento comprador se estendeu para as bolsas americanas e também para o mercado brasileiro. A melhora do apetite por risco, com menor temor dos riscos do Brexit, enfraqueceu o dólar e fortaleceu commodities, como o petróleo, que subiu mais de 2% tanto na bolsa de Londres como na de Nova York. Com isso, as ações da Petrobras encontraram espaço para avançar e terminaram o dia com altas de 2,99% (ON) e 2,57% (PN). Mesmo com o minério de ferro estável, Vale ON (+1,90%) e Vale PNA (+1,63%) acompanharam os pares internacionais e contribuíram para o avanço do índice. Outro reflexo importante do fortalecimento das apostas no Bremain (permanência do Reino Unido na UE) foi a alta das ações do setor financeiro. Responsáveis por mais de 25% da composição do Ibovespa, os papéis de bancos recuperaram parte das perdas recentes e avançaram firmemente. Nesse segmento, destaque para Banco do Brasil ON, com alta de 3,69%. BM&FBovespa avançou 3,61% e Itaú Unibanco PN, 1,66%.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso