X
X

Diário da Região

08/12/2015 - 08h00min

São Paulo

Segunda edição da CCXP foi maior e mostra briga para ser relevante

São Paulo

É possível que os ouvidos de quem passou quatro dias, de 3 a 6 de dezembro, na Comic Con Experience, ainda estejam sensíveis, depois de tanto barulho e gritaria. O principal auditório da convenção também conhecida pela sigla CCXP recebeu fãs de Star Wars, tão ensandecidos quanto aqueles que passaram horas na fila para assistirem aos painéis dos blockbusters de heróis Capitão América: Guerra Civil e Batman vs Superman: A Origem da Justiça. Havia nerdice até a última gota de suor que escorria pelas têmporas daqueles que circulavam pelos 55 mil m² da área total destinada ao evento - um sistema de refrigeração melhor viria bem a calhar na edição de 2016. Gente com sacolas pesadas, outros mais profissionais na arte de comprar em convenções levaram até malas com rodinhas. Uns se fantasiavam com pompa. Outros com menos dinheiro e mais boa vontade. Era um paraíso de compras para qualquer um que, hoje, esteja minimamente ligado ao suprassumo da cultura pop, desde estatuetas ultrarrealistas de personagens de filmes icônicos a livros, quadrinhos, entre outras bugigangas. Difícil sair de lá sem cair em qualquer tentação consumista. E tudo bem. Uma Comic Con, como tantas outras realizadas ao redor do planeta, é o lugar ideal para encontrar esse tipo de produto. Em sua segunda edição, a CCXP cresceu. Recebeu 120 mil pessoas ao longo de quatro dias e, principalmente, tornou-se mais relevante para o calendário de eventos da cidade. Muito disso se deve à melhoria no produto oferecido. Depois de uma estreia que não era tão relevante em termos de atrações, a segunda edição foi capaz de surpreender. Os grandes estúdios, como Disney, Warner, Fox e a nova queridinha dos brasileiros Netflix, levaram para seus painéis conteúdo relevante para aquele público. Examinou-se os figurinos dos heróis de Batman vs Superman, assistiu-se a um vídeo inédito com bastidores de Star Wars, contemplou-se um trailer estendido do novo Capitão América que só havia sido exibido na Comic-Con de San Diego, a principal delas. Conteúdo é importante, ou tudo soa como caça-níquel, como aqueles evento chinfrins que não valem o preço do ingresso. A CCXP, por sua vez, se superou ao trazer, como convidado de honra, Frank Miller. Figura das mais icônicas dos quadrinhos, criador das histórias Batman: O Cavaleiro das Trevas, a Queda de Murdock, 300 e Sin City, entre outras, ele mudou a forma de narrar uma história de super-herói. Desconectou, aliás, as duas palavras. Nos quadros de Miller, não havia nada de super ou puramente heroico naqueles personagens. Miller não cobrou por autógrafos - diferentemente de muitos artistas que lá foram - e ainda esteve no auditório principal da Comic Con Experience duas vezes, para participar de dois painéis diferentes. Teve seu nome gritado numerosasa vezes. E com razão. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso