X
X

Diário da Região

25/09/2015 - 10h05min

São Paulo

Palco Mundo é o mesmo há 5 anos e já viajou o mundo

São Paulo

Vinte e cinco metros de altura e 86 de dimensão: este é o tamanho do Palco Mundo, lugar onde as principais atrações do Rock in Rio se apresentam nesta sexta edição realizada no Brasil. A reportagem do jornal O Estado de S.Paulo visitou os bastidores no início da tarde de quinta-feira, 24, e conheceu de perto a estrutura do local. Com um peso de 450 mil toneladas, o palco é o mesmo desde 2010. Além de ser utilizado nas últimas duas edições brasileiras (em 2011 e 2103), ele também foi transportado para Lisboa (em 2010, 2012 e 2014), Madri (em 2010 e 2012) e Las Vegas (em 2015). A montagem total do espaço demora por volta de um mês para ficar pronta. De acordo com a organização do festival, são, ao todo, 60 toneladas de luz e 80 de placas especiais que dão mais vazão ao som na Cidade do Rock. Os instrumentos de todos os músicos ficam divididos nos dois lados do palco. Ninguém tem privilégio. Sendo assim, no momento da visita da reportagem, a bateria de John Dolmayan, do System of a Down, banda de metal americana formada em Glendale, Califórnia, em 1992, principal atração da quinta, já estava estrategicamente montada. O repórter também viu a guitarra e o baixo do CPM 22, banda brasileira de hardcore melódico formada em 1995, que abriu os trabalhos no Palco Mundo, às 19h. Instrumentos do grupo Hollywood Vampires, liderado pelo ator e músico Johnny Depp, que inclui ainda Alice Cooper e Joe Perry, do Aerosmith, que também se apresentou nesta quinta-feira, estavam à mostra. O acesso dos artistas, passando pelos camarins, até a chegada ao Palco Mundo, foi outro dos pontos avaliados e a conclusão é que o espaço é relativamente pequeno. Entre uma apresentação e outra do Palco Mundo, um grupo de 40 homens ajuda na reestruturação das aparelhagens de cada banda, de acordo com a programação do evento. Até o fim do Rock in Rio, 28 atrações terão se apresentado no Palco Mundo. Os destaques ficam por conta do Queen, Metallica, Rod Stewart, Elton John, System of a Down, Slipknot, Faith No More, Rihanna, Sam Smith, A-Ha e Katy Perry. A única recordação ruim do palco, entretanto, ficou por conta do Metallica, que teve problemas de som durante a apresentação da banda na noite do sábado, 19, deixando por alguns minutos a Cidade do Rock em um silêncio nada bem-vindo. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso