Diário da Região

01/05/2015 - 00h48min

Para violão

Músico rio-pretense dedica novo disco a Bach

Para violão

Arsineh Valladian/Divulgação Violonista rio-pretense João Kouyoumdjian pelas ruas de Nova York, onde reside. Transposições de Bach para violão ocupa grande parte de seu trabalho como artista: “O tempo de gestação do disco foi de dois anos, mas eu lapido esse repertório há mais de dez”
Violonista rio-pretense João Kouyoumdjian pelas ruas de Nova York, onde reside. Transposições de Bach para violão ocupa grande parte de seu trabalho como artista: “O tempo de gestação do disco foi de dois anos, mas eu lapido esse repertório há mais de dez”

Acaba de sair do forno o segundo álbum de estúdio do violonista clássico rio-pretense João Kouyoumdjian, radicado em Nova York, nos Estados Unidos. "Kouyoumdjian Plays Bach: New Transcriptions for Guitar" apresenta todas as suas 14 faixas integralmente dedicadas ao compositor alemão J. S. Bach (1685-1750).

"Eu realizei transcrições para violão das obras para violino e violoncelo sem acompanhamento - BWV 1007 (Suíte nº 1 para Cello), BWV 1005 (Sonata nº 3 para Violino) e BWV 1003 (Sonata nº 2 para Violino) - utilizando uma técnica violonística chamada 'crossing-strings', que permite maior ressonância do instrumento e clareza na harmonia e contraponto", explica Kouyoumdjian.

Nas palavras do próprio músico, trata-se de um repertório de grande profundidade, rara beleza e que exige enorme virtuosidade por parte do intérprete. "O tempo de gestação do disco foi de dois anos, mas eu lapido esse repertório há mais de dez", revela. O disco foi gravado em Atenas, na Grécia, no estúdio do violonista clássico Iakovos Kolanian. Essa é a segunda vez que eles trabalham juntos. 

O primeiro álbum de estúdio de Kouyoumdjian, "Surfboard" (2013), também foi gravado no estúdio de Kolanian. "Iakovos é um artista impecável em tudo o que faz. Tocando, ensinando ou gravando, prima pela excelência e perfeccionismo. Ele construiu um estudo só para gravar violão clássico que apresenta condições 'sui generis' para extrair o melhor de cada artista que lá grava. 

 

Capa do Cd de João Kouyoumdjian Capa do Cd de João Kouyoumdjian

Ele também me hospedou, então tive a honra de mais uma vez conviver lado a lado com essa pessoa de sensibilidade única e farta generosidade. Aprendi muito com sua vasta experiência artística", conta o violonista rio-pretense. A arte gráfica do trabalho é assinada pela designer americana Arsineh Valladian, que também foi a fotógrafa do projeto. 

O ensaio de fotos foi realizado em Nova York, em locais como a New York Public Library, Guggenheim Museum e Brooklyn Bridge. Segundo o músico, a capa ilustra a noção de perspectiva, equilíbrio e profundidade da música de Bach. Assim como o álbum de estreia, "Kouyoumdjian Plays Bach: New Transcriptions for Guitar" é uma produção do selo americano Pomegranate Music, supervisionada pelo produtor Raffi Meneshian, que já trabalhou com o duo de violão italiano SoloDuo, um dos maiores da atualidade. 

"Foi realmente uma honra trabalhar com essa equipe de primeira", assinala Kouyoumdjian. Ainda não há previsão de apresentação em Rio Preto, mas a ideia é fazer um concerto de lançamento do álbum para o público rio-pretense dentro de alguns meses. Atualmente, Kouyoumdjian está promovendo o disco por meio de uma série de concertos em Nova York, New Jersey e São Francisco. 

Ao mesmo tempo, ele leciona violão e teoria da música na Newark School of the Arts, em New Jersey, e faz parte da organização de eventos da Grace Church in Newark, onde é artista residente. O álbum pode ser adquirido on-line pela Amazon, iTunes e CdBaby, em CD para remessa postal, ou MP3 para download. Kouyoumdjian observa que o disco recebeu uma crítica do grande virtuose brasileiro Paulo Martelli, que escreveu: "Com essa gravação, João Kouyoumdjian nos leva a um mundo de beleza e profundidade insuspeitas". 

Veja os videoclipes

 

 

 

 

 

 

>> Leia aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso