X
X

Diário da Região

06/10/2015 - 00h00min

Beijoqueiro de plantão

Depois de viver uma transexual, ator Luís Miranda encara um mulherengo

Beijoqueiro de plantão

TV Globo/Divulgação A versatilidade no humor é uma das marcas do ator Luís Miranda, que vive um mulherengo atrapalhado em novo seriado da Rede Globo
A versatilidade no humor é uma das marcas do ator Luís Miranda, que vive um mulherengo atrapalhado em novo seriado da Rede Globo

Depois de fazer um personagem transgênero na novela "Geração Brasil" (Globo), em 2014, o ator Luís Miranda é o novo mulherengo da programação da TV Globo. No seriado "Mister Brau", seu personagem, Lima, gosta de mulher acima de tudo e quer beijar na boca sem compromisso. No programa, o ator retoma a parceria com Lázaro Ramos (Brau) e Taís Araújo (Michele), com quem atuou na novela das sete no ano passado, destacando esse "jogo" em cena como um dos pontos altos do projeto.

"Desconfia-se que ele tem 15, 20 filhos e já teve umas 30 mulheres. Ele é o cara que passa a lábia em fã, frentista, atriz, cantora, empregada e por aí vai. Ele tem muito apetite, mas em primeiro lugar é um cara que não esquenta a cabeça com nada", define Luís Miranda. Além da participação na série, nas noites de terça-feira da Globo, Miranda também continua no ar aos sábados, no "Zorra Total". 

A jornada dupla não é um problema. O comediante afirma que dá para conciliar a maratona "numa boa". O ator declara que não pensa em largar um ou outro projeto porque ambos são muito importantes para ele. "Mister Brau" já tem uma segunda temporada prevista para 2016, com mais 18 episódios. "Podia só aumentar o salário", dispara Luís, em tom de brincadeira.

O ator, que viveu Dorothy em "Geração Brasil", comenta que, desde a trama, ele e Lázaro Ramos aumentaram a afinidade que já tinham para trabalhar juntos. Por isso, ao chegar para gravar, o mais difícil é conter o riso e se concentrar. O primeiro trabalho que eles fizeram foi o filme "Carandiru", em 2003. "Olho para a cara dele e ele para a minha e dá vontade de rir. É uma coisa de irmãos. Por mais que pareça clichê, somos mesmo uma família", fala o ator.

Só que seu novo personagem não tem nada a ver com o antigo. Lima é um bon vivant, um aventureiro, que só não pode ser apontado como vagabundo porque ele compõe bem e ganha muito dinheiro com isso. "Ele trabalha, mas está mais preocupado em infernizar a vida do assistente pessoal da Michele, o Gomes (Kiko Mascarenhas), do que com suas funções ao lado de Brau. Ele quer saber se o Gomes é gay ou não e vive fazendo picuinha."

Baiano, Luís Miranda afirma que a música, a sonoridade do seriado, remetem muito às suas raízes. Na hora de construir o personagem, ele fez uma "viagem" mental para se recordar do jeito e da malemolência de pessoas que fizeram parte da sua vida e que são como Lima. "Me inspirei em farristas, aqueles caras que conseguem tirar um som batucando lata, que criam samba na mão", explica o ator. 

Para ele, a série representa uma parcela muito importante do país, que passou a ganhar mais dinheiro e mudou de vida nos últimos anos, mas nem sempre está na teledramaturgia sem ser em uma comunidade. Por isso, quando o autor Jorge Furtado lhe passou o perfil de Lima, Luís revela que deu pulos de alegria.

"A ideia do Lima é sempre se divertir, gastar o dinheiro, criar aventuras. Ele é atrapalhado, vive duro, ao mesmo tempo em que ganha muito dinheiro com suas músicas. Ninguém sabe para onde vai essa fortuna. Tem uns mistérios que até eu estou descobrindo aos poucos", observa o ator. Lima é o parceiro de Brau, um astro internacional da música e um ser excêntrico. "Juntos, são dois grandes gozadores em cena. 

Essa dupla foi pensada para o público rir deles, das situações inusitadas em que se metem. Os dois representam uma alegoria de felicidade." Sobre a mulherada que Lima vai pegar, o ator revela que quase ninguém escapa dele nessa primeira temporada. Maria Augusta, personagem de Guta Stresser, vai ter um caso com ele. "Ele não deixa passar barato, até a burguesinha Andrea (Fernanda de Freitas), que não gosta de preto, ele vai tentar pegar", adianta Luís.

 

 


 

>> Acesse aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso