X
X

Diário da Região

05/08/2015 - 00h00min

De ‘conchavo’ com o tempo

Ângela Vieira, 63 anos, cuida da alimentação, pratica exercícios, ri bastante

De ‘conchavo’ com o tempo

TV Globo/Divulgação “Procuro, na vida pessoal, ser o mais feliz que posso. Isso não quer dizer que os problemas não existam, mas tento dar um perdido neles”, diz Ângela Vieira
“Procuro, na vida pessoal, ser o mais feliz que posso. Isso não quer dizer que os problemas não existam, mas tento dar um perdido neles”, diz Ângela Vieira

No ar em “I Love Paraisópolis”, Ângela Vieira é Clarice, competente advogada criminalista que lida com filhos adolescentes. Já na vida real, comemora sua boa relação com a filha Nina (fruto da antiga união com o ator Roberto Frota), e festeja o amor maduro que a uniu a um amigo, o cartunista Miguel Paiva. Na carreira, também tem motivos para sorrir.

Ex-bailarina profissional, está na televisão desde o final da década de 1970, onde se destacou em novelas como “A Idade da Loba” (1995), da Rede Bandeirantes; e “Em Família” (2014), da TV Globo. Suas conquistas vêm coroadas com beleza e pleno vigor aos 63 anos de idade. O segredo? Fazer um conchavo com o tempo e dar “um perdido” nos problemas.

 

Pergunta - Como é a sua relação com o veículo televisão?

Ângela Vieira - Gosto bastante de fazer tevê. Nossa dramaturgia é muito boa e, agora, com a vinda das séries em canais fechados, ampliamos um mercado de trabalho muito interessante.

 

Pergunta - O que te move para estar quase sempre no ar, engatando várias novelas?

Ângela - É trabalhar no que tenho paixão. E fazer boas personagens, onde haja a oportunidade de compor e me divertir.

 

Pergunta - Como você vê a sua personagem em “I Love Paraisópolis”?

Ângela - A Clarice é uma mulher absolutamente voltada para o trabalho, mas que ainda se preocupa com a educação dos filhos. Tinha um casamento estável, com um homem mais novo e, agora, passa por uma crise que a deixa bastante abalada. Ainda não sei se surgirá um novo amor para Clarice.

 

Pergunta - Por você ser ex-bailarina, as cenas de aulas de balé ministradas pela Isolda (Françoise Forton) às meninas carentes na novela te tocam em especial?

Ângela - Sim, a dança fez parte de minha vida durante muito tempo. E saber que esse trabalho (encenado na novela) é feito de verdade na comunidade de São Paulo, por meio do projeto social Ballet Paraisópolis, me emociona, sem dúvida.

 

Pergunta - A Clarice focou primeiro na carreira e demorou a ser mãe. Agora não têm paciência com os filhos adolescentes. Como avalia a escolha dela?

Ângela - Assim como a Clarice, muitas mulheres hoje em dia têm filhos mais tarde. Já os adolescentes são, na maioria dos casos, difíceis, independentemente da faixa etária dos pais.

 

Pergunta - Lidou bem com os dilemas juvenis de sua filha?

Ângela - A Nina teve todos os problemas que normalmente têm os adolescentes e não foi nada fácil lidar com isso. Hoje ela está com 31 anos e nossa relação é muito boa. Ouço sempre o que ela tem a dizer.

 

Pergunta - Já é avó?

Ângela - Sou “vódrasta” do Tom, o primeiro neto do Miguel. E a Nina, minha filha, é louca para ter filhos, então acho que, em breve, vou ser avó.

 

Pergunta - Como foi engatar um novo casamento aos 50 anos de idade?

Ângela - Foi muito bom me apaixonar aos 50! Eu e Miguel somos da mesma geração e vemos a vida de forma semelhante. Além disso, é ótimo estar casada com quem a gente admira.

 

Pergunta - Sua imagem é a de uma mulher com vitalidade singular. Você é assim mesmo?

Ângela - Tenho muita tenacidade no que me proponho a fazer e procuro, na vida pessoal, ser o mais feliz que posso. Isso não quer dizer que os problemas não existam, mas tento dar um perdido neles (risos).

 

Pergunta - Qual a sua rotina de alimentação e de malhação para preservar corpo e mente?

Ângela - Sempre me alimentei com muita qualidade por conta da dança. Faço hidroginástica e agora voltei às aulas de alongamento.

 

Pergunta - Quando tinha 47 anos, você saiu nua na revista Playboy, provando que sensualidade independe de idade. Qual o legado desse trabalho?

Ângela - Não posso dizer que ficou um legado, mas fiquei feliz de ter feito um ensaio muito bonito e de bom gosto.

 

Pergunta - Você já disse que não adianta brigar contra o tempo, mas fazer um bom conchavo com ele. Como é isso na prática?

Ângela - É mais do que nunca cuidar da saúde com uma boa alimentação, exercícios físicos, dar muita risada e procurar, na medida do possível, usufruir do que você já plantou.

 

Pergunta - Tendo feito um minilifting e um retoque ao redor dos olhos anos atrás, você faria novas intervenções faciais?

Ângela - Penso que a cirurgia plástica, bem como as intervenções estéticas que podem ser feitas com o dermatologista, devam ser vistas com bastante cuidado. Eu gostei muito do resultado do que fiz, mas nunca quis aparentar 15 anos a menos. É preciso ter cuidado com certos procedimentos. Quanto fazer novas intervenções, não sei, mas acho que parei por aqui.

 

Pergunta - Alguma atriz ou personalidade te inspira para envelhecer bem?

Ângela - Sou louca pela Irene Ravache! Pelo conjunto da obra (risos).

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso