Diário da Região

05/11/2013 - 01h42min

Tui-ná

Massagem chinesa estimula o desenvolvimento infantil

Tui-ná

Stock Images/Divulgação Curso ensina como usar a massagem chinesa tui-ná em crianças
Curso ensina como usar a massagem chinesa tui-ná em crianças

Uma das mais antigas formas de medicina chinesa da antiguidade, o tui-ná tem se tornado um grande aliado dos pais para o tratamento das crianças de forma natural.


O método usa as mãos como instrumento para tratar doenças, uma vez que usa manipulações para estimular os pontos ou outras partes da superfície do corpo para corrigir o desequilíbrio fisiológico do mesmo e alcançar efeitos curativos.


Isso porque o toque é uma forma primária de contato e comunicação. É parte importante no dia a dia, nutrindo o corpo, a mente e o espírito da criança, e fortalecendo os laços entre pais e filhos. Assim, a massagem pode ser um maravilhoso prolongamento do impulso natural que leva os pais a transmitirem amor e dedicação.


Através da massagem o afeto por seu filho, os praticantes dessa técnica seguem uma ordem para percorrer o corpo do pequeno e massagear suavemente, levando em consideração que suas estruturas são muito delicadas e não suportam pressões elevadas.


E o tui-ná pode ser usado não somente para tratar doenças, mas para proteger e desenvolver o corpo, de forma que uma doença possa ser contida no seu início. É um método medicinal seguro e simples e a grande vantagem é que não produz efeitos colaterais. Por isso é bastante recomendado para crianças.


E é justamente essa técnica que um curso pretende ensinar em no próximo sábado e domingo, no Centro Holístico Arte e Vida (Chav), no distrito de Engenheiro Schmitt, em Rio Preto. O curso é indicado para qualquer pessoa que lide diariamente com crianças e, segundo os especialistas, pode ser uma poderosa ferramenta terapêutica para pais, educadores, cuidadores, profissionais e estudantes da área de saúde e bem-estar.


A massagem, juntamente com a acupuntura e fitoterapia, integra a medicina chinesa e é utilizada para estimulação do desenvolvimento físico, psíquico e energético de adultos e crianças. É usada para equilibrar e regular o fluxo de QI (energia).


Com o conhecimento e a aplicação de manobras simples e práticas, é possível aliviar e prevenir muitos sintomas comuns de distúrbios de saúde da fase infantil. Pode ser utilizada desde o nascimento até os 12 anos de idade.


Mas como funciona exatamente o tui-ná? A explicação é um pouco complexa num primeiro momento para leigos, mas os resultados compensam: a mão esquerda da criança encerra as oito energias naturais, numa área denominada “neibagua”, onde os oito trigramas internos mantêm uma relação com as energias do interior do corpo. E cada um dos cinco dedos corresponde a um elemento diferente, com características e órgãos específicos associados.


Massagear o dedo polegar da mão esquerda da criança, por exemplo, tem implicações diretas no pâncreas e no estômago, estimulando a digestão e agindo sobre a falta de apetite. Atendendo a cada caso, a manipulação dos pontos-chave desta massagem é feita de forma a tonificar ou equilibrar a energia interior.


Como muitos sistemas do organismo são estimulados - e isso inclui o imunológico, digestivo, circulatório, nervoso, entre outros - com o toque certo em cada parte do corpo é possível prevenir doenças comuns na infância, principalmente as relacionadas ao sistema respiratório, como alergias, gripes, resfriados, uma vez que o sistrema imunológico fica mais fortalecido e em equilíbrio.


Serviço


Curso de Tui-ná, infantil. Nos dias 9 e 10 no Chav, no distrito de Engenheiro Schmitt. Informações e inscrições (17) 3808-2078 e 98112-2586




Stock Images/Divulgação  

‘Manobras são simples e rápidas’

Sobre os benefícios do tui-ná infantil, Gerson Lúcio Vieira, especialista em auriculoterapia, acupuntura e tui-ná, responsável por ministrar o curso em Schmitt neste fim de semana, falou com o Diário da Região.


Diário da Região - O que é o tui-ná?
Gerson Vieira - É uma massagem chinesa utilizada para o desenvolvimento e estimulação física, psíquica e energética das pessoas. Tem manobras simples e rápidas que podem aliviar e prevenir muitos sintomas. Na China, o tui-ná é muito utilizado no público infantil, chega a ser conhecido como acupuntura para crianças.

Diário - Como ela age exatamente? Quais os princípios que fazem com que funcione?
Vieira - O tui-ná baseia-se nos princípios da medicina tradicional chinesa, que visa basicamente à busca do equilíbrio e harmonia das energias internas do ser humano. Este equilíbrio é estimulado através de manobras próprias da massagem nos canais e pontos energéticos do organismo.

Diário - De que forma ele pode beneficiar a saúde da criança?
Vieira - Pode beneficiar no bom desenvolvimento fisco, psíquico e energético das crianças, principalmente o fortalecimento do sistema imunológico.

Diário - Em quais distúrbios ele é mais eficaz?
Vieira - O tui-ná, por atuar na estimulação das defesas naturais do organismo das pessoas, acaba agindo em todos os distúrbios de forma geral. Apenas lembrando que a técnica não vem tratar doenças, apenas auxiliar no livre fluxo das energias das pessoas e isso, consequentemente, ajuda a buscar o seu equilíbrio e harmonia.

Diário - Quais são as características do tui-ná infantil?
Vieira - Tem as mesmas características do tui-ná para adultos, manobras rápidas e simples, não há necessidade de ficar sem roupas e nem a utilização de veículos como cremes e óleos. Apenas ocorrem algumas alterações nas manobras para a adequação do tamanho das pessoas e também em relação ao tempo que, para as crianças, é menor.

Diário - A criança costuma reagir mais rapidamente que o adulto a essa técnica? Por quê?
Vieira - O tempo de reação é variável de acordo com cada pessoa. É difícil precisar alguma diferenciação por questão da idade. Cada organismo tem seu tempo de resposta ao estímulo dado.

Diário - A partir de que idade a técnica é recomendada?
Vieira - A partir de 2 meses até o fim da vida. No caso do curso, está focada para o público infantil até 12 anos.

Quer ler o jornal na íntegra? Acesse aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso