X
X

Diário da Região

22/11/2015 - 00h00min

Saúde

Sinais de alerta

Saúde

Stock Images/Divulgação NULL
NULL

Todo mundo já experimentou algum tipo de dor incomum, muitas vezes persistente, sem saber qual o problema. Infelizmente, a maioria das pessoas não se importa com esses sinais do corpo, porque a dor desaparece da mesma forma, sem explicação. Entretanto, embora nem todas indiquem alguma emergência extrema, algumas dores misteriosas simplesmente não devem ser ignoradas. Confira nesta reportagem alguns tipos de dores localizadas e o que os médicos têm a dizer a respeito delas.

Dores gerais pelo corpo

Algumas doenças causam dores generalizadas no corpo, um exemplo delas é a fibromialgia, uma doença misteriosa que se resume a dores e incômodos constantes e afeta mais mulheres do que homens. Essa doença parece causar uma sensibilidade à pressão física ou a dor e, com frequência, implica em dificuldades para dormir. "Muitas vezes as dores são em pontos específicos próximos das articulações, em especial na coluna, quadril e ombros", afirma o fisioterapeuta Giuliano Martins, diretor regional da Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna (ABRColuna). 

Mandíbula

Ao fazer alguma atividade corriqueira, você percebe que sua mandíbula está doendo e acha que não é nada. Mas essa dor pode servir como advertência de um ataque cardíaco iminente ou que está ocorrendo nesse momento. Um ataque cardíaco geralmente apresenta sinais em diferentes áreas da região peitoral: braço, ombro, abdômen, garganta ou mandíbula inferior. Então, se você experimentar uma dor súbita no ombro ou na região da mandíbula, pare imediatamente e procure atendimento médico. "O problema é que nem sempre aparecem todos os sinais, por isso é preciso atenção", diz a médica Cláudia Regina Breseghello de Britto

Costas

Queixa cada vez mais comum da população, as dores lombares ou dores nas costas podem representar muito mais do que ficar muito tempo sentado numa posição só. Elas podem indicar problemas nas estruturas vertebrais da coluna, como discos intervertebrais, ligamentos, músculos e sistema nervoso, quando comprimidos.

Mas muitas vezes esse desconforto pode estar associado a outros problemas de saúde, como cálculos renais, dores relacionadas ao aparelho ginecológico feminino ou urinário e hérnia de disco. Segundo o ortopedista Wilson Dratcu, da Beneficência Portuguesa de São Paulo, a coluna é um dos principais pontos afetados do corpo, mas não é só a idade que compromete essa região

Abdômen

A dor abdominal é um capítulo enorme da medicina, de difícil diagnóstico pelos diferentes aspectos anatômicos e fisiológicos de cada órgão do abdome. A dor abdominal é um sintoma que nem sempre está relacionado a uma doença do abdome. Uma simples pneumonia pode causá-la. Também distúrbios emocionais podem causar o sintoma. O rim pode causar dor abdominal. Uma forte cólica pode não significar uma doença grave, mas uma dor abdominal leve e persistente, acompanhada de outros sintomas, como vômitos, febre e taquicardia, pode sugerir que algo mais sério esteja acontecendo.

"Costuma-se dizer que o abdome é uma caixa de surpresa, tal a dificuldade em se fazer o diagnóstico das doenças que podem provocar uma dor abdominal, pela diversidade de situações que se apresenta", diz o gastroenterologista Hamilton Funes. Dor localizada em regiões específicas podem sugerir determinadas doenças. Dor na parte baixa do lado direito do abdome, aguda e persistente, pode, por exemplo, ser uma apendicite

Panturrilhas

A dor na panturrilha frequentemente corresponde a um cansativo dia de caminhadas ou a um treinamento mais puxado na academia. Mas às vezes essa dor pode significar que outra coisa anda mal. A perna tem uma rede de artérias e veias que movem o sangue do coração aos músculos. As veias que conseguimos ver por baixo de nossa pele são denominadas veias superficiais, e elas levam o sangue até as veias mais profundas.

Pequenas válvulas dentro das veias impedem que o sangue flua para os lugares errados, porém, coágulos podem se formar devido à ruptura de alguma veia, o que na medicina é conhecido como trombose venosa profunda (TVP), que pode causar dor nas panturrilhas e inchaço nas pernas. "Um médico terá condições de avaliar e pedir exames para ver se pode se tratar de uma trombose", explica a médica Cláudia Regina Breseghello de Britto

Cabeça

Da mesma forma que algumas dores de cabeça chegam e desaparecem do nada, algumas aparecem incrivelmente rápido, iniciando-se com fortes pontadas. Essa dor misteriosa e repentina pode indicar um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Conhecida popularmente como derrame, a doença pode se caracterizar pelo surgimento de um quadro neurológico súbito causado por um entupimento ou pela interrupção do fluxo do sangue nas artérias do sistema nervoso central, podendo ser provocada pela formação de um coágulo.

Fique de olho se essa dor vier acompanhada da diminuição ou perda súbita de força no braço ou perna de um lado do corpo, alteração aguda da fala e perda súbita de visão em um ou nos dois olhos. Se houver suspeita de AVC, peça ajuda e vá imediatamente para um local especializado, para tratamento neurológico específico. "É uma urgência médica", explica o cardiologista Carlos Scherr

Depressão

"O surgimento de dores sem causa pode significar a presença de um estado depressivo, pois pode representar uma diminuição de neurotransmissores na fenda sináptica, entre eles a endorfina", explica o psiquiatra Ururahy Botosi Barroso. Devemos entender a doença ou a dor sem causa aparente como uma comunicação do corpo de que algo não está bem dentro de nós na área emocional.

"Na visão psicossomática, dor sem causa física, muitas vezes, reflete uma pessoa que se pune muito, que se culpa muito, através da autocondenação e autopunição. Chamamos de autoflagelação emocional", diz. Nesse caso, o paciente deve procurar atendimento psiquiátrico e psicoterápico urgente. A medicação vai agir no efeito e a psicoterapia vai agir na causa. Resolvido o trauma, a felicidade é restaurada e a dor deixa de existir. 

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso