IMG-LOGO
Home Turismo

Destinos para se isolar no Brasil

Jessica Reis - 01/05/2021 00:17

Pandemia, Covid-19, lockdown, isolamento, distanciamento social. Há mais de um ano ouvimos essas palavras diariamente. Não, a pandemia não acabou e o distanciamento social ainda é a forma mais eficaz de não se contaminar com o novo coronavírus. Diante de um cenário incerto, o turismo de isolamento é uma das alternativas para quem pode tirar uns dias de folga e curtir um dos muitos destinos brasileiros.

Conheça alguns lugares que podem proporcionar uma reconexão com a natureza, deixar o home office mais leve e, claro, manter o distanciamento social seguro.

 

Joanópolis (SP)

A aconchegante Estância Turística de Joanópolis, eternizado por seriados de TV, matérias jornalísticas, programas de humor e reportagens diversas como Capital do Lobisomem, tem cerca de 12 mil habitantes. Sua principal atração turística é maior queda d'água do Estado de São Paulo, a Cachoeira dos Pretos, com 154 metros de altitude. O município produtor de água conta com a maior porção de mata atlântica preservada da região, ambiente repleto de cachoeiras, picos e pedras ideal para atividades de ecoturismo e esportes de aventura.

Com inúmeras pousadas, casas de campo e hotéis, Joanópolis está a 120 km da Capital de São Paulo, tem fácil acesso pela Fernão Dias e Dom Pedro I e conserva ainda a tranquilidade e a segurança de uma cidadezinha do interior. Repleta de produtos artesanais como queijos, cachaças e doces caseiros, tem sido o destino certo daqueles que apreciam o clima da Serra da Mantiqueira, a típica comida caseira e a cultura da roça. 

Extrema (MG)

Com pouco mais de 35 mil habitantes, Extrema está localizada no Sul de Minas Gerais, junto da Serra da Mantiqueira, às margens da Rodovia Fernão Dias e a apenas 100 Km das regiões metropolitanas de São Paulo e Campinas. Adornado pela biodiversidade da Floresta Atlântica em um clima de montanha e paisagens num cenário natural de tirar o fôlego, com altitude que varia de 880 a 1725, todo o território faz parte da Unidade da Conservação da Natureza - APA (Área de Proteção Ambiental) Fernão Dias e do conjunto de unidades de conservação Mosaico Mantiqueira. É nesta região que o visitante encontra cenários privilegiados de Mata Atlântica com cachoeiras, nascentes, rios, montanhas, vales e parques municipais que permitem ao visitante se aventurar com os esportes de aventura, caminhadas, a contemplação e bem-estar, dentre outras atividades de lazer junto à natureza.

Japaratinga (AL)

No coração da Costa dos Corais, ao lado de Maragogi, Japaratinga é um paraíso natural quase inexplorado entre Recife e Maceió. Praias paradisíacas, barreiras de corais, piscinas naturais e uma natureza exuberante são figuras comuns por aqui.

O destino possui belos coqueirais, barreiras de corais, piscinas naturais e um ambiente calmo e bucólico, ideal para quem quer curtir uns dias de descanso à beira-mar.

Esta região do litoral de vem ganhando novos hotéis, pousadas, bares a beira-mar e restaurantes. Japaratinga é uma praia parecida com a sua vizinha, Maragogi, porém, bem mais tranquila e com menor quantidade de turistas.

São Luiz do Paraitinga (SP)

São Luiz do Paraitinga é um município do estado de São Paulo, no Brasil. É um importante destino turístico da região do Vale do Paraíba, em particular, devido ao seu Centro Histórico, tombado como Patrimônio Cultural Nacional, e suas tradições caipiras, incluindo a Folia do Divino e o Carnaval de Marchinhas.

Dentre seus atrativos, destacam-se, na área urbana, seu conjunto arquitetônico, com mais de 450 imóveis, numa área superior a 6,5 milhões de metros quadrados, declarados como Patrimônio Cultural Brasileiro pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

No turismo ecológico e de aventura,
destacam-se várias trilhas, como a da Pirapitinga, do Corcovado, do Poço do Pito, do Ipiranga e do Rio Grande e os raftings no Núcleo Santa Virgínia, com duração de 6 horas e Brazadão, com duração de 4 horas: ambos realizados no Rio Paraibuna.

Rio dos Flores (RJ)

Rio das Flores faz parte da região turística do Vale do Café, possuindo fazendas históricas que prosperaram durante o Ciclo do Café no século 19 e trouxeram desenvolvimento econômico para a região, além de edificações históricas como a Igreja Matriz de Santa Teresa d'Ávila (local de batismo de Santos Dumont e de sua irmã Sofia). Outros atrativos são o Museu da História Regional e o Festival do Vale do Café (que ocorre anualmente), além das belíssimas cachoeiras da região.

Um dos destaques do destino é a visita à Fazenda do Paraíso (foto ao lado) que proporciona muito aprendizado histórico e a apreciação de jardins bem cuidados e árvores enormes. Assim, ao caminhar por uma via contornada por palmeiras até chegar a um pequeno palácio, o visitante se sentirá em um filme de época. O casarão, erguido entre 1845 e 1853, tem 58 cômodos e pertenceu ao Visconde de Rio Preto, importante fazendeiro de café.

Editorias:
Turismo
Compartilhe: