IMG-LOGO
Home Cultura

Lollapalooza online terá Paul McCartney, Metallica e The Cure; veja o line-up

Estadão Conteúdo - 28/07/2020 09:42
A edição americana do festival Lollapalooza anunciou nesta segunda-feira, 27, a escalação do evento online que será realizado entre a próxima quinta-feira, 30, e o domingo, 2. Paul McCartney, Metallica, The Cure, Outkast, Imagine Dragons, Chance The Rapper, Imagine Dragons e Run The Jewels são alguns dos artistas com presença confirmada na transmissão.
Michelle Obama, Taylor Hawkins (baterista do Foo Fighters) e Perry Farrell (músico e fundador do festival) também devem aparecer no evento. O festival virtual será transmitido pelo canal oficial do Lollapalooza no Youtube. Para conferir o line-up, é só clicar aqui.
Na próxima quarta-feira, 29, o festival divulgará a agenda de performances - por enquanto, o evento não mencionou quais bandas vão aparecer ao vivo e quais terão apresentações em outras edições reprisadas. Também é esperada a exibição de filmagens dos anos 1990 ainda inéditas.
Durante o fim de semana, o Lollapalooza vai arrecadar doações para três organizações americanas: Arts for Illinois Relief Fund, Equal Justice Initiative, e When We All Vote.
 
Co-fundador do Lollapalooza prevê shows apenas em 2022
Marc Geiger, outro dos fundadores do Lollapalooza, disse na semana passada prever shows e grandes aglomerações, pelo menos nos EUA, apenas em 2022. Em entrevista ao podcast do jornalista musical Bob Lefsetz, Geiger disse que a questão dos seguros é ainda um grande entrave para que se comece a discutir novamente a organização de festivais.
Quando o festival americano foi cancelado, em junho, a produção, porém, se mostrava otimista em comemorar seu aniversário em 2021. "Trabalhamos para ter uma espetacular celebração dos 30 anos de aniversário do Lollapalooza no verão de 2021, em Chicago", disse um comunicado na ocasião.
 
Lollapalooza no Brasil em 2020? Pouco provável
No Brasil, o evento também teve sua data alterada. Em março, foi anunciado que o Lollapalooza Brasil não mais aconteceria nos dias 3, 4 e 5 de abril, e que seria transferido para o período entre 4 e 6 de dezembro, devido à pandemia do novo coronavírus. Poucos avanços concretos na luta contra a covid-19, porém, devem fazer com que a edição brasileira do festival também monte um esquema virtual. Ainda não há informações oficiais.
 
Editorias:
Cultura
Compartilhe: