IMG-LOGO
Home Cultura

5 dicas para que a hora da leitura seja um momento de aprendizado e diversão

Da Redação - 19/05/2020 11:45

Não se fala em outro assunto que não seja coronavírus, quarentena e o que fazer com as crianças em casa. Pois bem, uma das opções mais interessantes é incentivar os pequenos a praticar a leitura constantemente. E isso só é possível criando hábitos durante a infância para que as crianças sintam prazer na leitura.

Mas como inserir e estimular esse hábito de forma leve e natural na rotina da criança e como envolver a família neste contexto? A consultora educacional da Dentro da História, plataforma especializada em personalização de livros infantis, Claudia Onofre, sugere 5 dicas para que a hora da leitura seja um momento prazeroso, regado de muita diversão e aprendizado. Confira!

1 - Crie o ‘cantinho da leitura’

O primeiro passo para a construção do hábito da leitura, é determinar o local onde o momento literário irá acontecer. É primordial que as crianças associem esta prática a um ambiente seguro e confortável, para que assim possam desenvolver a capacidade de concentração.

Para criar o ‘cantinho da leitura’ e torná-lo um local de aconchego, uma boa ideia é a criação de cabanas, que podem ser construídas com lençóis e cadeiras, assim como a disposição de almofadas e bichinhos de pelúcia pelo chão.

2 - Dê vida aos personagens e a história

Para que as narrativas dos livros infantis se tornem mais interessantes e divertidas, os integrantes da família também podem participar da história, interpretando diferentes personagens. O importante é deixar que a criança opte por dar vida a seu personagem favorito.

Aqui a ideia é transformar a hora da leitura em um show cênico. Gesticular, encenar, fazer vozes com diferentes entonações e investir em efeitos sonoros, por exemplo, com plásticos, papel-alumínio e apitos, faz toda a diferença para que a criança assimile a narrativa e ao mesmo tempo se divirta.

3 - Reviva experiências dos livros

Uma ótima estratégia para fixar o aprendizado adquirido com os livros infantis, seja relacionado ao desenvolvimento cognitivo ou socioemocional da criança, é colocá-lo em prática!

No caso de narrativas que transmitem valores e virtudes como amizade, gentileza, coragem e responsabilidade, é importante que as crianças sejam estimuladas a refletirem sobre situações do próprio dia a dia onde tais ensinamentos devem ser aplicados. No caso de histórias que incluam atividades lúdicas e de passo a passo, como a utilização de materiais recicláveis para construção de objetos, é primordial que os pequenos coloquem a ‘’mão na massa’’ fora do ambiente literário.

4 - Debata sobre a história

Após a hora da leitura, dar espaço para criança expor seu ponto de vista sobre a história também é uma forma de entreter e tornar o momento mais interessante.

É importante que o pequeno exponha sua opinião sobre a narrativa, destacando os pontos que mais gostou, os que menos gostou, trazendo justificativas e expondo outros possíveis cenários para os personagens. Assim, é possível o estímulo da criatividade, construção de senso crítico e capacidade para resolução de problemas.

5 - Use e abuse da personalização

Os livros personalizados possibilitam que as crianças sejam protagonistas das histórias ao lado de personagens inspiradores, o que permite que sejam mais empáticas e que se identifiquem de forma positiva com diferentes narrativas, se entregando de forma íntegra ao aprendizado e à diversão.

A Dentro da História, por exemplo, atua com a personalização de títulos que trazem personagens de desenhos animados e séries que são sucesso entre o público infantil, como Batman, Galinha Pintadinha, O Show da Luna, Mundo Bita e Clube da Anittinha. Através de seu site, é possível a criação de um avatar aos pequenos, que podem trazer as mesmas características físicas, como cor de cabelo, olhos, boca, tom de pele, roupas e acessórios.

Editorias:
Cultura
Compartilhe: