IMG-LOGO
Home Gastronomia

Carne crua para comer sem medo

Jessica Reis - 05/09/2020 00:15

Talvez quando você ouve falar em comer carne crua pode soar um pouco estranho, mas e se te apresentam em forma de pratos sofisticados como o steak tartar ou clássicos como o quibe cru, prato típico da culinária árabe? Sim, a carne crua, tem seus encantos, mas é preciso cuidado ao manusear o alimento.Seguindo o chef de cozinha e docente do Senac Rio Preto, Rodrigo Bueno, tudo começa na compra do insumo, a escolha do fornecedor é fundamenta. "Ele deve ser idôneo e ter todas as licenças necessárias para a comercialização daquele produto. A carne bovina deve ter aroma agradável, gordura clara e firme, e um tom vermelho brilhante. Já os peixes devem ter carne firme, olhos brilhantes e guelras de cor avermelhada e brilhante. As escamas não devem soltar facilmente e o cheiro deve ser agradável", explica.A escolha do corte da carne vai depender do prato que será preparado. Bueno recomenda para um steak tartar, por exemplo, o filé mignon, por sua maciez e textura agradável. Para um carpaccio, um lagarto pode ser uma boa escolha por seu sabor, formato e textura mais firme, facilitando o corte fino que a receita requer. Já para um rosbife, que é selado somente por fora e cru por dentro, o chef recomenda cortes como contrafilé, alcatra, coxão mole, lagarto ou filé migon.Atenção especial ao manusear a carne: higienize bem as mãos, utensílios e bancadas que serão utilizados durante o preparo. "Outra dica é, antes de manusear, leve a carne ao congelador por cerca de 20 minutos, assim ela ficará bem gelada e não irá aquecer tão rápido durante o manuseio. Por último, sirva o prato com carne crua imediatamente após o preparo. Ou retorne à geladeira até a hora de servir", ensina Bueno.

 

Quibe Cru

Ingredientes

1kg de patinho moído

Sal a gosto

Pimenta síria fresca a gosto

Hortelã a gosto

½ cebola média

2 limões (suco)

25ml de azeite

400g de trigo para quibe moído

Modo de Preparo

Temperar a carne com o sal, a pimenta, a hortelã, a cebola picada, o suco de limão e passar novamente na máquina de moer. Deixar o trigo de molho na água durante 20 minutos. Espremer o trigo com a mão e misturar com a carne. Amassar tudo numa tigela com o azeite de oliva, moldar e servir enfeitado com folhas de hortelã.

Fonte - Divino Fogão

Steak Tartare

Ingredientes

400g de patinho ou filé-mignon

1 gema crua de ovo

1 colher (sopa) de alcaparra picada

1 colher (sopa) de cebola roxa bem picadinha

1 colher (sopa) de pepino em conserva bem picado

1 colher (sopa) de molho inglês

1 colher (sopa) de mostarda dijon

1 colher (café) de molho de pimenta a gosto

1 colher (sopa) de maionese

1 colher (chá) de salsinha picada

1 colher (chá) de ketchup

Sal e pimenta a gosto
Modo de preparo

Pique a carne em cubos bem
pequenos, com o auxílio de uma
faca adequada. Depois de tudo bem picado, misture as alcaparras e
o ketchup. Acrescente a mostarda dijon, o molho de pimenta e a maionese. Depois coloque o pepino picado e a cebola roxa. Tempere com sal e acrescente a salsinha. Por último, coloque o molho inglês e a gema crua. Misture tudo e molde em uma forma de aro. Servir com batata frita, torradinha ou salada.

Fonte - Chef Elzio Callefi, da Tramontina

Carpaccio de Mignon

Ingredientes

200g de mignon medalhão (aproximadamente 2 medalhões)

Ingredientes do Molho

50ml de suco de limão

50ml de shoyo

1 colher de (chá) de gengibre ralado

1 dente de alho picadinho

1 colher de (sopa) de cebolinha

2 pedras de gelo

20g de alcaparras

10 folhas de rúcula

10g de queijo parmesão em lascas

Modo de preparo

Coloque o medalhão de mignon
sobre uma tábua e um plástico transparente por cima. Com o
auxílio de um batedor de carne amasse até abrir totalmente em uma espessura fina. Após fatie em tamanhos de aproximadamente 3cm.

Preparo do molho

Junte todos os ingredientes, menos a rúcula e o queijo parmesão.
Montagem

Posicione as fatias de mignon
amassadas por todo o prato, depois acrescente as rúculas no centro, regue com o molho de gengibre, finalize com as lascas de queijo parmesão.

Fonte - Água Doce Sabores do Brasil

Editorias:
Gastronomia
Compartilhe: