IMG-LOGO
Home Casa

Ambientes externos estão em alta

Jessica Reis - 06/03/2021 00:18

O ano de 2020 ficou marcado pela mudança de hábito das pessoas e, principalmente, a ressignificação dos espaços. Neste cenário, os ambientes ganharam uma nova função - escritório, academia, lazer - e passaram a fazer mais parte da rotina dos habitantes. Já é março de 2021 e essa valorização do lar parece que vai continuar em alta já que muita gente continua em home office. Por isso, ter um espaço onde dá para relaxar, curtir uma música, fazer um churrasco é essencial para a qualidade de vida.

Segundo o arquiteto Junior Petrolini, de Rio Preto, para aproveitar o espaço de uma área externa é necessário definir qual será a finalidade desse ambiente. "Será descanso, será convívio, será refeições ou até mesmo cozinhar, enfim, o mobiliário está diretamente ligado a finalidade do espaço que por sua vez pode ter uma ou mais funções. Uma área gourmet, por exemplo, integrada com um living externo exigirá uma ilha com bancada e cadeiras, e também um sofá com poltronas para um bate-papo aconchegante. Uma dica muito importante é se atentar ao movimento do sol para evitar situações em que, no período da tarde, ele 'invada' esses espaços tornando-os quentes e desagradáveis", explica.

A arquiteta Marianna Vetorazzo Haddad Liso, de Rio Preto, diz que para uma área externa residencial as novidades em termos de acabamentos são infinitas, desde materiais que ajudam no conforto térmico como materiais que são práticos para limpeza e manutenção como decks de pvc, por exemplo. "No mobiliário temos muitas novidades com estrutura em alumínio, que garante durabilidade e leveza."

Sobre os revestimentos, Marianna recomenda para o piso pedras naturais que têm a vantagem de reter menos o calor. "Existem pisos cimentícios que são atérmicos e são ótimos para conforto. Nas paredes, concreto, tijolinho a vista, ladrilhos hidráulicos, pedras naturais e muito verde", diz a arquiteta.

Varanda gourmet

Nem todo mundo mora em casa com muito espaço para ter uma área de lazer. A arquiteta Elisa Vasconcelos, de Rio Preto, afirma que uma forte tendência em apartamentos é fechar a varanda e transformá-la em uma varanda gourmet. "Podemos colocar mobiliários externos que combinam muito bem com o interno, que façam essa ponte. Já fiz vários apartamentos com balanço, que as pessoas têm essa vontade, mas como não moram em casa, a gente faz na varanda. Dar continuidade da sala de estar para a varanda. A uniformização de revestimentos, de padronização de materiais é muito legal para a varanda gourmet", explica.

Equipamentos eletrônicos

Junior Petrolini diz que alguns equipamentos são bem comuns nas novas varandas. "Em cidades de clima quente, a demanda é grande por varandas fechadas com esquadrias de alumínio e vidro, pois isso possibilita climatizar esses espaços com uso de ar-condicionado. Se houver uma área gourmet, se faz necessário um bom cooktop, forno elétrico embutido na marcenaria e até mesmo uma cervejeira e/ou uma adega. Pensando em espaços assim, destinados ao convívio, uma TV e caixas de som com conexão via bluetooth, se possível embutidas no forro de gesso, completam o espaço tornando ainda mais prazeroso os momentos ali vividos. Existem também as caixas de som para áreas externas, resistentes às intempéries, que imitam pedras e tornam-se decoração junto ao jardim", explica o arquiteto.

 

Editorias:
Casa
Compartilhe: