IMG-LOGO
Home VidaeArte

Laser ginecológico e seus benefícios

Núcleo Digital - 08/09/2020 15:53

Esse é um tratamento que chegou ao Brasil recentemente e promete tratar alguns dos sintomas indesejáveis da mulher. O laser íntimo, como ficou conhecido por aqui, é uma inovadora e não invasiva terapia, muito utilizada na Europa e Estados Unidos, que resulta na regeneração da mucosa vaginal, recuperando sua elasticidade, espessura e umidade e age também nas regiões da uretra e bexiga. Dentre os vários tipos de laser vaginal que existem no mercado, o de CO2 fracionado está entre os mais eficazes pela sua luz com efeito térmico, que atua profundamente nos tecidos da vagina e da bexiga, e ainda é aprovado pela comunidade científica com base em estudos.
Segundo a ginecologista Cláudia Araújo, que fez especialização em São Paulo sobre o tema e trouxe a novidade para Rio Preto, o laser tem obtido excelentes resultados com pacientes que apresentam desconfortos pré-menopausa, durante a menopausa e pós-menopausa, ressecamento vaginal, dores durante a relação sexual e perda de urina. “O efeito do laser sobre o tecido da mucosa vaginal causa uma regeneração da mucosa vaginal. Ele estimula a produção de colágeno, melhorando a funcionalidade da área tratada, restaura o tônus tissular e aumenta o fluxo sanguíneo e lubrificação”, explica a médica.
As vantagens desse tratamento são que ele é feito na clínica do ginecologista, por meio de sonda que não causa dor, por isso não há necessidade de anestesia ou analgesia. O tratamento praticamente não tem efeitos colaterais e apresenta melhora significativa nas queixas das pacientes. De acordo com a doutora Cláudia Araújo, são indicadas até três sessões. Na primeira sessão com o laser íntimo a melhora chega a 40% e na terceira alcança até mais de 90%. “Os resultados após o tratamento com o laser CO2 fracionado são vários, entre eles estão: melhora do ressecamento vaginal, aumento da elasticidade da parede, normalização do PH vaginal com diminuição das secreções, cistites de repetição, incontinência urinária e da dor no durante o ato sexual”, detalha a especialista em Rio Preto na aplicação do laser em tratamentos ginecológicos.

 

Utilidades do laser dentro da ginecologia

 

Ressecamento vaginal e perda de elasticidade
Atrofia da Mucosa Vaginal
Frouxidão
Dor durante a relação sexual
Perda de urina
Desconforto ao urinar
Prevenção de infecção urinária de repetição
Tratamento de urgência miccional


Dra. Cláudia Araújo
CRM 86707-SP


Facebook: @DraClaudiaAraujoGinecologista
Instagram: draclaudiaaraujo

Editorias:
VidaeArte
Compartilhe: