TURISMO/ARGENTINA

Atrações de Buenos Aires a alguns cliques de distância

Sites e redes sociais levam o viajante para a capital argentina na pandemia


O Caminito é um museu ao ar livre em Buenos Aires e pode ser conhecido por meio do site Airpano
O Caminito é um museu ao ar livre em Buenos Aires e pode ser conhecido por meio do site Airpano - Pixabay/Divulgação

A pandemia do novo coronavírus deixou Buenos Aires, um dos destinos internacionais mais frequentes de brasileiros, estranhamente longe. Mas nada que a tecnologia não resolva, através de passeios virtuais, galerias digitais e vídeos na internet.

Alguns sites possibilitam roteiros como o Airpano (bit.ly/3c6FBTW), em que tomadas aéreas em 360 graus dão uma noção espacial da cidade. Já o World Tour 360° (bit.ly/2xCxa3y) coloca a câmera perto do chão e capta detalhes de lugares como o Cemitério da Recoleta e o Caminito, no bairro de La Boca.

Para explorar a cena cultural portenha, há outros caminhos. O tradicional Teatro Colón tem publicado em seu canal no YouTube apresentações de balé e música erudita na íntegra. Já o Museo de Arte Latino-americano de Buenos Aires (Malba) compartilha em seu perfil no Instagram (@museomalba) visitas guiadas a partes de sua coleção. No site da instituição (bit.ly/3fnjj28), é possível acompanhar a programação virtual e ter acesso ao catálogo digital de suas obras.