Retomada do ecoturismo no Brasil

BRASIL

Retomada do ecoturismo no Brasil

Reabertura de parques acontece de forma gradual, obedecendo a todas as medidas para garantir a segurança sanitária para diminuir o risco de disseminação da Covid-19


O Pico da Neblina, no Amazonas, é a montanha mais alta do Brasil
O Pico da Neblina, no Amazonas, é a montanha mais alta do Brasil - Lucas Miagostovich/Divulgação

Com destinos reabertos, o ecoturismo, com seus espaços ao ar livre e poucas aglomerações, é uma das opções mais seguras para viajar pelo Brasil, segundo os guias de viagens. Os aventureiros de plantão, ansiosos para fazer as malas e partir em busca de contato abundante com a natureza já podem visitar o Parque Nacional de Aparados da Serra, no Rio Grande do Sul, Parque Nacional de Brasília, no Distrito Federal, e Parque Nacional da Tijuca, no Rio da Janeiro.

O Parque Nacional de Aparados da Serra, localizado entre os estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, foi reaberto, mas com várias medidas de prevenção contra a Covid-19, como redução no número de visitantes e distanciamento mínimo de dois metros. Algumas trilhas ainda permanecem fechadas. Outras, como a rio do boi, das piscinas do malacara e do tigre preto, estão abertas, mas operando com 40% da capacidade.

A visitação ao Parque Nacional de Brasília, no Distrito Federal, está sendo feita de forma gradual, monitorada e sem cobrança de ingresso por um período. Nesta primeira etapa, será permitido visitar apenas a trilha Cristal Água, de 5 quilômetros, sendo proibido o uso das piscinas naturais nem o acesso à trilha Capivara. O número de visitantes será reduzido (300 visitantes por dia). Como medida de segurança é obrigatório uso de máscara de proteção.

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) reabriu o Parque Nacional da Tijuca, no Rio de Janeiro. Entre as medidas adotadas nesta primeira etapa de abertura está proibido o uso de cachoeiras, duchas, reservatórios, pequenas lagoas e a realização de confraternizações nas áreas abertas. Também não será possível o acesso aos mirantes e áreas de convivência ao ar livre, como espaços para piquenique e churrasco. Segundo o ICMBio, o Parque Nacional da Tijuca recebeu no ano passado quase 3 milhões de pessoas e é o campeão de visitas no Brasil.

Norte do país

O Pico da Neblina, localizado no Amazonas, na fronteira com a Colômbia e a Venezuela, é um destino a ser descoberto pelos aventureiros. O local, ainda não reaberto, merece ser explorado por ser considerado o ponto mais alto do país, com mais de 2993 metros de altitude. A montanha está situada em terras indígenas Yanomami e oferece uma experiência intensa de descobertas em um dos lugares mais longínquos do país. De acordo com a Roraima Adventures, o destino exige bom condicionamento físico de seus visitantes.