Curiosidades sobre a Noruega

País Escandinavo

Curiosidades sobre a Noruega

País, que está reabrindo as fronteiras, pode ser visitado em qualquer época do ano


Os samis são um grupo étnico que habita a região da Lapônia
Os samis são um grupo étnico que habita a região da Lapônia - Fotos: Divulgação

Pouco a pouco, os países ocidentais mais bem-sucedidos no combate ao coronavírus, como a Noruega, estão retomando as atividades. O país localizado na Escandinávia, por exemplo, está reabrindo as suas fronteiras para estrangeiros, o que deve dar novo fôlego ao turismo. Pequeno e orgulhoso de seu passado viking, o lugar, que tem se mostrado um destino atrativo aos brasileiros, vai apostar na sua história, que traz muitas curiosidades, para atrair antigos e novos visitantes.

O país, que recebeu em 2019 quase 30 mil turistas brasileiros, é indicado para quem ama natureza. As atrações incluem regiões montanhosas, florestas e praias, suntuosos rios e cachoeiras. Aberto para visitas durante todo o ano, o país tem hotelaria de luxo e econômica, e gastronomia local e internacional. O idioma oficial é o norueguês, mas a população também fala o inglês fluentemente. Confira abaixo alguns fatos interessantes da Noruega.

Povo

Os samis, também conhecidos como lapões, são o povo nativo da Escandinávia e iniciaram a tradição da pesca na Noruega. Ainda hoje este povo vive na região mantendo suas tradições e estilo de vida. Para os turistas que visitam a Noruega, é possível se hospedar em barracas samis ou passar um dia nessas comunidades.

Cultura

Os vikings também conquistaram o seu lugar na história e ficaram conhecidos como "os guerreiros dos mares", que tinham talento para trabalhos manuais e para contar histórias. Os vikings noruegueses eram famosos por sua visão corajosa, o que os transformavam em um povo que aceitava os riscos naturalmente. A arquitetura das típicas embarcações vikings, conhecidas como langskips, foi adotada por muitas outras culturas e influenciou a construção de navios por séculos. Em visita à Noruega, é possível visitar diversas atrações que relatam a época viking em várias cidades.

Independência

Durante longos períodos, a Dinamarca e a Suécia dominaram a região da Noruega, por isso, o país  conseguiu sua independência definitiva somente em 1905. Quase dez anos depois, em 17 de maio de 1914, o país promulgou sua constituição. A data, inclusive, tornou-se um dos principais feriados da Noruega. Ela é comemorada por toda a população, seja em grandes festas nas ruas ou dentro das casas. Bandas marchando, desfiles, trajes típicos e muita comida são as estrelas desta grande festa.

Qualidade de vida

No fim da década de 1960, a Noruega encontrou reservas de petróleo em sua costa. O governo investiu o lucro da extração do óleo nos  serviços sociais, com o fim de garantir à população norueguesa serviços de qualidade, como educação e saúde. Atualmente, o país apresenta um dos maiores índices de desenvolvimento humano do mundo. Sua economia, além do turismo, baseia-se no petróleo e na pesca.