Exuberante e acolhedor

MINAS GERAIS

Exuberante e acolhedor

A retomada do turismo em Monte Verde, distrito de Camanducaia, na Serra da Mantiqueira


A Trilha da Pedra Redonda, com um mirante no meio, abriu com algumas restrições e regras específicas
A Trilha da Pedra Redonda, com um mirante no meio, abriu com algumas restrições e regras específicas - Divulgação/Move

Monte Verde, distrito de Camanducaia, no sul de Minas Gerais, que está reabrindo suas portas para os turistas, vai poder, só agora, comemorar para valer o prêmio que ganhou no início deste ano. O local, conhecido por muitos brasileiros por suas belas paisagens e hospedagens para relaxar, foi eleito como um dos dez lugares mais acolhedores do mundo. O charmoso vilarejo em meio às montanhas da Serra da Mantiqueira ficou em 9º lugar no Traveller Review Awards 2020, da Booking.com.

O vilarejo de Goreme, na região da Capadócia, na Turquia, ficou em primeiro lugar, seguido de Tatranska Lomnica, na Eslováquia, e Phong Nha, no Vietnã. A lista foi baseada no quesito hospitalidade, que leva em conta as avaliações dos viajantes sobre estadias e experiências no site. Conhecida pela hospitalidade característica de seus moradores e pela trilhas e cachoeiras, que fazem sucesso entre os fãs de aventura, Monte Verde, agora com a classificação, terá tudo para atrair turistas nacionais e estrangeiros.

O vilarejo, que fica a 1,6 mil metros de altitude, é um destino bastante procurado no frio. Com paisagens típicas de uma cidade europeia, clima de montanha, o local atrai muitas famílias em busca de saborosas experiências gastronômicas. O vilarejo mineiro conta ainda com românticos chalés, além de diversas opções de hotéis e pousadas para passar, ao menos, um final de semana. Na avenida Monte Verde, o turista encontra um centro comercial repleto de lojas, galerias e restaurantes.

Para quem curte aventura, a trilha da Pedra Redonda, que foi reaberta no último dia 11, é uma ótima pedida. O passeio estava vetado por decisão da administração municipal desde março, em razão da pandemia do novo coronavírus. As outras quatro trilhas do distrito permanecem fechadas. A trilha, com um mirante no meio e baixo grau de dificuldade em relação às demais, foi aberta com algumas restrições e regras específicas. Funcionará, a princípio, apenas às sextas, sábados, domingos e feriados, das 9h às 17h30, com quatro passeios diários intervalados em 15 minutos: subida às 9h com descida até 11h15; subida às 11h30 com descida até 13h30; subida às 13h45 com descida até 15h30; subida às 15h45 com descida até 17h30.

Além disso, durante cada horário, o acesso à trilha será liberado a cada cinco minutos para, no máximo, grupo de 15 pessoas ao mesmo tempo, entre guias e visitantes. A subida será autorizada apenas quando todos do horário anterior tiverem retornado. Guias cadastrados por agências de passeios oficiais serão responsáveis por, no máximo, dois visitantes e, para conseguir fazer a incursão, os interessados precisarão fazer um pré-cadastro em sistema disponibilizado pela Secretaria Municipal de Turismo. O acesso à Trilha só é permitindo com a contratação de agência de passeio. A ida com carro próprio está proibida.

Hotéis e pousadas

A reabertura da trilha da Pedra Redonda segue a tendência da normalização gradual de comércio e serviços de Monte Verde, segundo a Agência de Desenvolvimento de Monte Verde e Região (Move). No dia 4 de junho, os mais de 150 hotéis e pousadas da região voltaram a operar com até 40% da capacidade. Áreas de lazer, como piscinas, saunas, quadras esportivas e playground, porém, permanecem fechadas. Atividades com até duas pessoas, como quadra esportiva para tênis, estão permitidas.