Chinelo na berlinda

Saúde

Chinelo na berlinda

Uso não está proibido, mas é bom alternar com outros calçados


Uso de chinelos não está proibido, mas é bom revezar com outros calçados
Uso de chinelos não está proibido, mas é bom revezar com outros calçados - Pexels/Banco de imagens

Que os chinelos de dedos fazem sucesso todo mundo sabe e a fama não é de hoje. Muito populares no Brasil, seu uso foi registrado por povos em todo o mundo. Mas de tempos em tempos surgem conversas que usar chinelos faz mal.

Um estudo publicado mostrou que existem diferenças no andar de quem costuma usar chinelos em comparação a quem usa calçados fechados, podendo causar naqueles, um desconforto dos membros inferiores e causar problemas posturais. Há os que dizem que os chinelos deixam os pés mais expostos a bactérias, vírus e fungos, que aumentam o risco de tropeçar, reduzem a velocidade dos passos, entre outras coisas.

O alerta agora vem de médicos britânicos que dizem que estes podem causar fascite plantar, ou inflamação do tendão de Aquiles, que conecta os músculos da panturrilha ao osso do calcanhar. A fascite plantar é um processo inflamatório ou degenerativo que afeta a fáscia plantar, membrana de tecido conjuntivo fibroso e pouco elástico, que recobre a musculatura da sola do pé, desde o osso calcâneo, e que garante o formato do calcanhar, até a base dos dedos dos pés. A fáscia plantar auxilia a manter a curvatura do pé firme, graças à sua capacidade de amortecer e distribuir o impacto.

Os pesquisadores referem-se, em particular, ao uso continuado de chinelos, sejam os feitos de borracha ou de couro. Segundo Tariq Khan, um especialista da University College Hospital, em Londres, os chinelos são os piores tipos de calçados que podemos usar.

A justificativa, segundo ele, é simples. Ao usar chinelos, os dedos dos pés são mantidos apertados durante a caminhada, provocando tensão no arco plantar. O uso continuado dos chinelos, também pode ser a causa de cortes e bolhas entre o dedão e o segundo dedo do pé, além das rachaduras nos calcanhares. Entre as piores consequências de longo prazo está o desequilíbrio postural.

Alterne com outros calçados

Entretanto, não se trata de uma guerra aos chinelos. Os pesquisadores não pedem para ninguém parar de usar, apenas para não usá-los todos os dias. O ideal é que seu uso seja alternado com os sapatos de saltos baixo e médio.

"Utilize um calçado adequado. Estando em casa, a vontade é de ficar de chinelos o dia todo, mas na hora de se movimentar é importante que você esteja usando o calçado certo para que o impacto seja bem absorvido e não lhe cause outro problema", sugere o ortopedista Daniel Carvalho.

"Se você for caminhar muito, o ideal é utilizar calçados que protejam o pé. Com a rasteirinha, você joga o peso todo em cima do calcanhar, sem nenhuma proteção", explica o ortopedista Marco Tulio. E complementa: "Como não protegem a região, também aumentam o risco de dedos quebrados, torções, bolhas e arranhões."