SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SÁBADO, 20 DE AGOSTO DE 2022
FITNESS

Quem dança é mais feliz

Exercícios em casa: canais e aplicativos para movimentar-se e manter a saúde física e mental em dia

Francine Moreno
Publicado em 24/04/2021 às 22:30Atualizado em 06/06/2021 às 08:35

Com a pandemia do novo coronavírus, a recomendação é que homens e mulheres circulem na rua o mínimo possível, para prevenir a disseminação rápida do vírus. Ficar em casa, no entanto, pode agravar o sedentarismo. Uma forma de evitar os quilos extras e ainda melhorar a qualidade de vida e o humor é dançar. Aliado a uma boa alimentação, movimentar-se com um ritmo contagiante é uma ótima maneira de melhorar o bem-estar físico e psicológico, e ainda ajudar na resistência e na imunidade.

Aplicativos e canais no Youtube são uma boa pedida para quem deseja aprender um novo ritmo, se divertir e ainda manter a saúde física na quarentena. Se praticada com regularidade, a dança ainda ajuda a emagrecer e tonificar os músculos.

O Fit Dance é uma opção de canal no Youtube com coreografias. Definido com um programa de aulas de dança, o Fit Dance tem o objetivo de tornar a vida das pessoas mais felizes por meio da dança. Semanalmente, o grupo publica lançamentos de coreografias oficiais, além de outros conteúdos de dança com músicas em português, inglês e espanhol.

O Dance Fitness with Jessica, canal da norte-americana Jessica Bass, mesmo em inglês, é uma dica bacana para mexer o corpo. Ela ensina a trabalhar todos os músculos do corpo ao som de sucessos dos anos 1990 e canções atuais, como "Don't Start Now", de Dua Lipa, "My Humps", de The Black Eyed Peas , e "Positions", de Ariana Grande.

O canal do coreógrafo Brown Andrade, livre para todos os públicos, explora vários ritmos. Uma das últimas coreografias publicadas no Youtube apresenta o passos da canção "You're The One That I Want", do filme "Grease". O objetivo dele é que os alunos adquiram resistência e condicionamento físico.

O Zumba Dance Exercise Offline é um aplicativo para aprender a dançar zumba, que mistura ritmos e culturas de todo o mundo. As aulas são fáceis e têm muita diversão. Nas aulas, os instrutores explicam que os movimentos são tecnicamente elaborados e adaptados para respeitar os limites em qualquer nível motor de cada aluno. A atividade é uma ótima dica para quem pretende exercitar-se e perder peso. É possível queimar até um mil calorias em uma aula de uma hora de duração.

O Dança do Ventre/Dança Oriental é um aplicativo que ensina a dança do ventre, uma dança feminina que define músculos, modela o corpo e aflora a feminilidade e a delicadeza. O app tem versão gratuita com mais de 150 áudios e tutoriais para serem aprendidos. As aulas vão desde os passos básicos até o intermediário. Destaque para repertório musical usado nas aulas, que atuam ainda no aumento da autoestima e agilidade mental, estimula a criatividade e alivia o estresse.

Interessados em perder muitas calorias enquanto aprendem a sequência de movimentos de músicas do momento podem acessar o Mete Dança, que é um canal no Youtube com coreografias. Barões da Pisadinha, Wesley Safadão, Xand Avião e Anitta são alguns dos artistas que têm suas músicas coreografadas pelos dançarinos de Feira de Santana, na Bahia.

Benefícios

De uma maneira geral é preciso movimentar o corpo para evitar problemas de saúde, como as dores no quadril. A prática de atividades físicas de forma regular, como a dança, garante o fortalecimento e a amplitude do movimento, tornando assim, a região do quadril saudável e com menos riscos de lesões. O ortopedista Luiz Cesar Ludovice afirma que é preciso escolher a atividade que mais te agrada. "Não esqueça de procurar um educador físico para receber as orientações sobre como se movimentar adequadamente e com segurança."

A especialista em zumba, Ludmilla Marzano, afirma que a dança, em especial a zumba, é importante para administrar o estresse. "O momento de tensão, como estamos vivendo, deixa os músculos rígidos e tensos. Quando a pessoa começa a dançar, ela relaxa, libera endorfina, dopamina e serotonina, hormônios que dão a sensação de prazer", afirma ela.

Benefícios

Nestes tempos de isolamento social percebe-se a importância de realizar atividades prazerosas na tentativa manter a saúde mental em dia. Não importam habilidades e afinidades, o importante é vivenciar a liberdade, emoção, recordações, leveza, alegria e tantos outros sentimentos que as atividades possam oferecer ao corpo e mente. Enumeramos alguns dos benefícios já catalogados em estudos: Libera endorfina (hormônio do bem-estar) Melhora autoestima Melhora o humor Estimula a memória e as conexões cerebrais Ajuda no relaxamento Libera dopamina (hormônio do prazer) Melhora da comunicação Promove o autoconhecimento Estimula o sono e combate a insônia Reduz a ansiedade Colabora com a expressão corporal Auxilia na coordenação motora Torna atividades físicas mais prazerosas

Fonte: Projeto Dança Circular no Sesc

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por