A faxina que queima calorias

Fitness

A faxina que queima calorias

Limpar a casa pode ser tão eficiente quanto correr cinco quilômetros por dia


Limpar a casa pode queimar tantas calorias quanto correr cinco quilômetros
Limpar a casa pode queimar tantas calorias quanto correr cinco quilômetros - Freepik/Banco de Imagens

Se você torce o nariz e tenta fugir toda vez que tem de fazer uma faxina, está na hora de enxergar a tarefa com outros olhos. Uma limpeza completa pode queimar mais calorias do que correr cinco quilômetros num único dia. A investigação que chegou a esta conclusão foi feita para um portal britânico especializado em tarefas domésticas, o Good Housekeeping Institute (GHI). A descoberta é um incentivo para aqueles que não têm tempo suficiente para se exercitar depois de um longo dia de trabalho. A pesquisa foi publicada no jornal Daily Mail.

O trabalho revelou ainda que uma combinação de tarefas domésticas simples pode ajudar a perder até 600 calorias durante a limpeza da casa. Sobram assim razões para tirar do armário os produtos de limpeza e voltar a ligar o aspirador e ficar em forma está entre elas.

"Os gastos calóricos dependem de alguns fatores como o peso (principalmente em massa muscular), o gênero, a idade e o estilo de vida (mais ou menos sedentário). E é aqui que entram as atividades desportivas e cotidianas", explica o personal trainer Paulo Ah Quin.

Apesar de a maioria das pessoas terem revelado que não apreciam muito fazer faxina, segundo Verity Mann, especialista em limpeza do GHI, o fato de ficarem em forma enquanto limpam é positivo.

Para a investigação, foram testadas cinco tarefas de limpeza mais comuns. Os pesquisadores selecionaram um grupo de participantes e, então, instalaram rastreadores de aptidão física capazes de medir a quantidade de energia que gastaram quando realizaram tarefas. Desta forma, eles puderam calcular o número médio de calorias queimadas durante uma sessão de 20 ou 40 minutos para determinar o trabalho mais exigente.

A partir desta divisão de atividades, os pesquisadores passaram a observar qual seria a tarefa doméstica que funcionaria como o melhor treino diário sem sair de casa. A conclusão foi que tirar o pó durante 40 minutos queima, em média, 194 calorias. Foram analisadas também passar o aspirador, esfregar o chão, lavar o banheiro e limpar as janelas.

Foram queimadas, em média, mais de 600 calorias durante as duas horas de limpeza, mais do que as 374 calorias que segundo os pesquisadores normalmente se perdem durante uma corrida.

Aspirar o pó e varrer o pó durante 20 minutos eliminou 86 calorias dos participantes e outras 100 calorias ao lavar o banheiro num intervalo de apenas 20 minutos. Foram perdidas também 107 calorias ao limpar o chão durante 20 minutos e 115 ao limpar as janelas.

O corpo humano foi concebido para ser ativo. É muito importante a pessoa perceber que mais importante do que a estética é a saúde. "Costumo até dizer que é preferível um gordinho ativo do que um magro sedentário", diz o fisiologista Turíbio Leite de Barros Neto, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Para a Organização Mundial de Saúde (OMS) ser ativo significa gastar 2,2 mil calorias por semana, ou seja, caminhar pelo menos uma hora, seis dias por semana, ou nadar uma hora, quatro vezes por semana. Mas estas são tarefas para atletas. "Nós precisamos contar cada gesto. Tudo é uma conquista", afirma.

 

As tarefas domésticas implicam o uso de todo o corpo no geral: abaixar e levantar, puxar e empurrar, rodar e andar por todo o lado. Segundo o Paulo Ah Quin, estes movimentos não são exclusivos dos braços ou das pernas e, por isso, acabamos por sentir o corpo mais cansado do que quando passamos o dia inteiro neste tipo de tarefas."É o equivalente ao que se chama de treino funcional na academia. Não é específico de zonas do corpo, mas trabalha padrões de movimentos variados."

"As tarefas domésticas -que são consideradas atividades físicas e não exercícios, consomem 160 calorias em média a cada 30 minutos", explica O personal trainer José Carlos Farah, professor do centro de práticas esportivas da Universidade de São Paulo (USP).