ENXOFRE


    • máx min

O nome enxofre foi traduzido do latim sulfur, que significa o inimigo do cobre. O cheiro característico de enxofre é o odor típico de um dos seus compostos, o sulfeto de hidrogênio. Desde a antiguidade o enxofre foi usado para a purificação de ambientes e no tratamento da peste. O enxofre é inserido na cadeia alimentar pelas plantas, que o absorvem de outras substâncias e utilizam-no para a produção de aminoácidos de plantas e animais. A absorção de enxofre inorgânico e orgânico, ocorre no intestino delgado e a sua excreção é pelos rins, fezes, pele, cabelo e unhas. O enxofre tem boa concentração nos músculos, na pele e ossos. O enxofre contribui para o suporte e a formação de células flexíveis das artérias e veias. Ele é considerado o mineral da beleza, porque contribui para a produção do colágeno e mantém a pele e o cabelo revitalizados. O enxofre regula o metabolismo da glicose, a produção de insulina, reduz o LDL (lipoproteina de baixa densidade), auxilia no transporte de minerais, potencializa a ação das vitaminas, é usado para limpeza intestinal, apresenta ações fungicidas, parasiticidas e secativas.

O enxofre ajudas as células eliminarem as toxinas. O sabonete de enxofre é utilizado para tratamento de acne, manchas da pele, eczema, dermatite e caspa. O enxofre está presente em muitos aminoácidos como: cistina, cisteína, metionina e glutationa, responsáveis por formar as proteínas das células, tecidos, hormônios, enzimas e anticorpos. O enxofre tem o poder de inibir o crescimento de vários tipos de câncer por induzir a apotptose das células displásicas, além de prevenir metástases.

A deficiência de enxofre pode desencadear doenças inflamatórias crônicas, as unhas e cabelos quebradiços, e a pele sem viço. As indicações terapêuticas do enxofre são: antienvelhecimento; ação desintoxicante para álcool, fumo e drogras; doenças inflamatórias crônicas, como a artrite reumatóide, osteoartrites, miopatias, fibromialgias e as miocardiopatias; a quelação de metais pesados; depressão, esquizofrenia, Parkinson e Alzheimer; como antioxidante; tratamento de alergias; antiparasitário e antifúngico. As fontes de enxofre advém: de carne de boi, aves e peixes; do leite e laticínios; dos ovos; dos cereais integrais; da cebola, feijão, lentilha, couve, brócolis, repolho, nabo, espinafre, alho, mostarda e castanha.