SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SEGUNDA-FEIRA, 26 DE JULHO DE 2021
ENTREVISTA

'Orai e vigiai'

Em seu livro 'Sintonia de Luz', Bruno Gimenes apresenta conceitos e ensinamentos para elevar o estado de consciência

Francine MorenoPublicado em 10/04/2021 às 22:30Atualizado há 06/06/2021 às 09:07

'Se sua felicidade depende de alguém, seja neto, filho, namorado, esposa, marido, pai, mãe, acredite: você é um obsessor vivo da pessoa da qual acha que depende para ser feliz'. 'Fé é um padrão de pensamento repetitivo em vibrações elevadas que aproxima o bem e, por consequência, afasta as dificuldades e os problemas'. 'O maior obsessor que existe é o nosso próprio pensamento negativo, a baixa autoestima e a vitimização. Naturalmente, o maior exorcista é o pensamento positivo, a autoestima elevada e principalmente a capacidade de amar incondicionalmente'.

As três frases acima, reflexivas e fortes, foram retiradas do livro "Sintonia de Luz - aprenda a desenvolver sua espiritualidade", em que o escritor Bruno Gimenes, do canal no Youtube "Luz da Serra", apresenta a espiritualidade como um estado de consciência que pode ser conquistado diariamente com atitudes simples. Publicado pela Luz da Serra Editora, o livro mostra ao leitor que alimentar a espiritualidade deve ser um caminho natural da existência.

Segundo Bruno Gimenes, que é autor de 23 livros, elevar a consciência é também a chave essencial para uma vida próspera. Em 11 capítulos, o escritor aborda, entre outros temas, a importância dos momentos de silêncio para uma reforma íntima que ajude a enfrentar a vida fora; a reflexão sobre os atos que afrontam o fluxo natural de evolução, chamados movimentos inversos; a necessidade de organizar a frequência mental e produzir um estado de saúde e equilíbrio por meio das palavras. Confira a entrevista com o escritor:

Bem-Estar - Por que você decidiu escrever e lançar o livro "Sintonia de Luz"?

Bruno Gimenes - Eu resolvi escrever este livro porque percebi que a grande maioria das pessoas está em sofrimento, e porque, mesmo que não se deem conta disso, esse sofrimento vem da falta de espiritualidade em suas vidas. É importante perceber que espiritualidade não tem a ver com religião necessariamente. E é justamente para esclarecer isso, para mostrar as pessoas, que todos nós podemos desenvolver nossa espiritualidade, deixando de lado dogmas e até mesmo preconceitos, é que resolvi compartilhar a minha visão sobre o que é ser alguém espiritualizado e como desenvolver isso no dia a dia, de forma simples. Foi assim que nasceu este livro.

Bem-Estar - O que o leitor encontra neste livro? Quais temas são abordados?

Gimenes - Neste livro, eu falo sobre os conceitos de espiritualidade, exponho quais são os principais erros que as pessoas estão cometendo no cotidiano e que ferem, ou vão contra esses conceitos, ou seja, que impedem as pessoas de se espiritualizarem. E a partir disso começo a mostrar como elas podem sair disso, como elas podem começar a desenvolver seu lado espiritual e o quanto isso vai trazer resultado em todas as áreas da vida. Muitas vezes as pessoas acham que esse assunto não tem nada a ver, por exemplo, com dinheiro, mas elas estão equivocadas. Tem tudo a ver. Se você desenvolver sua consciência espiritual, tudo na sua vida irá fluir melhor: seus relacionamentos, sua profissão, sua prosperidade, porque ser espiritualizado é estar alinhado com a sua essência divina.

Bem-Estar - Qual é o principal objetivo deste livro?

Gimenes - É ajudar as pessoas a evoluírem por meio da espiritualidade, do amor, do bem, porque infelizmente até agora a maioria das pessoas só tem aprendido a evoluir por meio da dor e do sofrimento. Mas este livro mostra que isso pode mudar, que podemos fazer diferente, e por isso meu objetivo é guiar os leitores por este caminho de aprendizado.

Bem-Estar - No livro, você apresenta a espiritualidade como um estado de consciência que pode ser conquistado diariamente com atitudes simples. Como conquistar este estado diante desta pandemia? Pode dar uma dica ou um primeiro passo?

Gimenes - O momento atual do planeta exige que cada ser, na sua individualidade, evolua e faça a sua parte. Essa tarefa não é simples para a maioria de nós, em função de um estado de alienação espiritual. Ao mesmo tempo, nunca, em toda a história da Humanidade, existiu um momento tão propício para se espiritualizar e crescer consciencialmente. Liberdade, abertura, acesso, disponibilidade, tecnologia de ponta, informação em tempo real, etc. A ciência, aliada à espiritualidade, já dá sinais de ser a grande força evolutiva para este século. Isso tudo, utilizado com sabedoria pelo homem, se configura em um momento especial. Então, os primeiros passos práticos para se tornar uma pessoa espiritualizada se dão por eliminação de coisas pequenas em nossas vidas, que, mesmo sem percebermos, são nocivas. O mau humor, a ironia, a falta de paciência e a falta de gratidão são algumas delas. Além disso, a prática de leituras edificantes, o desenvolvimento do hábito da oração, as meditações, a participação em cursos e palestras, a realização de vivências sobre a temática da espiritualidade e o contato com a natureza também são bons caminhos para se desenvolver. Também é preciso aprender a se livrar de qualquer forma de crítica em sua vida, além de manter um compromisso em abastecer essa corrente, emanando orações, bons pensamentos e intenções, rotineiramente.

Bem-Estar - Você afirma que situações inevitáveis de vida, sejam positivas ou negativas, acontecem com o intuito de promover o desenvolvimento humano em todos os sentidos. Por quê?

Gimenes - O processo de evolução pode ser motivado pela dor ou pelo amor. No caso da dor, ocorre pela necessidade emergente de se curar, de mudar algo, de conseguir ajuda para amenizar seu sofrimento - quase uma questão de sobrevivência. Tanto ricos como pobres, crianças ou idosos, brancos ou negros, pela natureza do universo, vão sofrer um dia, vão desenvolver doenças e enfrentar graves crises, porque isso faz parte do mecanismo pedagógico do grande arquiteto do universo, que se utiliza de situações inusitadas para nos aproximar da real missão na Terra: a evolução, o crescimento e a harmonia em todos os aspectos. Por outro lado, quando conseguimos aprender a evoluir pelo amor, emanando esse sentimento a todos que estão ao nosso redor, tudo na nossa vida se torna mais simples e leve, e ainda ajudamos a tornar o mundo um lugar melhor. Daí a importância de nutrir a nossa espiritualidade, porque essa consciência é quem melhor contribui para a formação de um estado de espírito forte, positivo, benéfico para todos. Quando a pessoa atinge esse estado, ela passa a se tornar um agente de cura planetária, pois, por onde anda, irradia bênçãos.

Bem-Estar - Elevar a consciência é também a chave para uma vida próspera. O sucesso passa pela construção de um estado de espírito constantemente positivo, forte, ativo, que deve ser nutrido com disciplina, de forma intensa e contínua?

Gimenes - Exatamente. O sucesso é a construção de um estado de espírito constantemente positivo, forte, intenso, que vai gerar sucessivos acontecimentos e vivências, podendo transformar a sua vida em uma experiência rica, prazerosa, exuberante. Daí a vida passa a ser mágica e encantadora. Se você não tiver disciplina para nutrir sua energia e seu estado de espírito, mantendo-o permanentemente iluminado, até poderá experimentar fases de sucesso, no entanto jamais conseguirá sentir a força do verdadeiro sucesso, que advém da sucessiva ocorrência de fatos positivos, sequencialmente, um após o outro. Esse é um mecanismo que funciona: manter o tempo todo uma expectativa interna de que o melhor está por vir, que as coisas boas estão para acontecer, novidades positivas, acontecimentos maravilhosos, pessoas abençoadas se aproximando e um estado de alegria que faz a alma brilhar.

Bem-Estar - Qual recado pode deixar para os nossos leitores que estão em busca de uma mensagem positiva?

Gimenes - Para desenvolver a espiritualidade, não precisamos ser de uma religião ou outra. Não é necessária essa escolha. A melhor forma de buscar a evolução espiritual acontece pelo discernimento do coração, humildade, simplicidade e leveza. Fazer para o outro o que queremos que nos seja feito. Uma pessoa que busca a espiritualidade pode se considerar vitoriosa quando elevar seu estado de espírito a um nível que gere amor, felicidade e paz plena constantemente (esporadicamente não adianta), aprendendo a criar luz interna e expandindo para o externo. Diversas pessoas, com intenções positivas e desejo de ajudar aos outros e ao planeta, com frequência se sentem confusas por não saberem como começar. Elas estão cheias de vontade de ajudar, mas não sabem como. Não sabem se procuram obras de caridade, projetos sociais, hospitais, pessoas carentes, enfim, vivem essa dúvida marcante. Nesse caso, a melhor forma de ajudar é nutrindo a própria espiritualidade, tornando-se um intenso ponto de luz, irradiador de energia positiva para todos os lugares. O fantástico é que esse estado de espírito emana energia mesmo à distância, através do pensamento focado. Isso quer dizer que, se você está com um estado de espírito exuberante, cheio de amor e positividade, só o fato de concentrar o pensamento em um lugar ou pessoa já provocará uma irradiação de bênçãos. Uma força positiva será transferida para o foco do pensamento. Vale lembrar que o contrário disso obedece à mesma lei natural. O 'Orai e vigiai' é o melhor instrumento que temos.

A melhor forma de buscar a evolução espiritual acontece pelo discernimento do coração, humildade, simplicidade e leveza. Fazer para o outro o que queremos que nos seja feito. (Freepik/Divulgação)
A melhor forma de buscar a evolução espiritual acontece pelo discernimento do coração, humildade, simplicidade e leveza. Fazer para o outro o que queremos que nos seja feito. (Freepik/Divulgação)
Capa do livro (Divulgação)
 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por