Expectativas frustradas

Saúde emocional

Expectativas frustradas

As coisas podem não sair como você espera. Segredo é aprender a lidar


Os planos podem não sair como você gostaria. Não se aborreça por isso
Os planos podem não sair como você gostaria. Não se aborreça por isso - Freepik/Banco de Imagens

Não importa a situação. Corriqueira ou extraordinária, praticamente não há um dia em que não nos defrontemos com situações que podem gerar frustração. O e-mail que não recebeu, o filme que queria ter assistido, mas faltou tempo; a noite mal dormida e assim por diante. Esse sentimento é quase intrínseco à condição do ser humano, sobretudo do homem contemporâneo.

Frustração, diz a neurocientista e psicopedagoga Adriana Fóz, é o sentimento que nos acomete quando não conseguimos realizar um desejo, uma vontade ou uma necessidade. É a reação a uma expectativa não correspondida. "É uma sensação, um pensamento, um estado interior que reflete a não-conquista. É quando nos sentimos mal por não ter alcançado algo em que colocamos algum empenho ou que fazia parte do que entendíamos como natural", afirma. Ela é autora do livro "Frustração Como treinar suas competências emocionais para enfrentar os desafios da vida pessoal e profissional", (ed. Benvirá).

"Expectativas geram frustrações". Quem nunca escutou ou até mesmo repetiu essa frase? Provavelmente todas as pessoas que já passaram por uma decepção. No entanto, quando a tristeza se torna falta de esperança é preciso reverter a situação", explica a escritora Andreza Carício, autora do livro "Todo Santo Dia", especialista em comportamento humano. Segundo ela, esperar é natural, mas na verdade o sentimento na maioria das vezes não é pelo outro e, sim, por você. "As pessoas tendem a cobrar muito de si mesmas; geralmente criam roteiros de como querem que as coisas aconteçam. E quando a história não sai como o esperado, culpam o outro, o acaso, o destino, a vida", diz ainda.

Existe equilíbrio? É possível sonhar sem se frustrar? A resposta é, sim.

Compreensão: Entenda que ninguém é obrigado a sonhar o que você quer. Conexão é muito importante em relações interpessoais, principalmente as amorosas, mas ainda assim não há obrigatoriedade. Por vezes, inconscientemente nosso egocentrismo nos faz crer que as pessoas têm de estar disponíveis para nossas vontades, mas não é verdade. Aprenda a esperar.

Jamais desacredite: Frustrações fazem parte da vida e aprender a lidar com elas é uma das lições mais importantes. Lembre-se que as coisas em sua vida dependem exclusivamente de você, mesmo quando as ações partem de outras pessoas, sua resposta será determinante para o resultado final. Reação é diferente de resposta. Para responder é preciso pensar, avaliar.