Ivete Sangalo adere à campanha 'O Câncer Não Espera'Ivete Sangalo adere à campanha 'O Câncer Não Espera'

EXAMES ADIADOS

Ivete Sangalo adere à campanha 'O Câncer Não Espera'

O movimento alerta sobre os riscos do adiamento de diagnósticos de tumores malignos em meio à pandemia da Covid-19


São Paulo
Ivete Sangalo apoia a campanha 'O Câncer Não Espera. Cuide-se Já'
Ivete Sangalo apoia a campanha 'O Câncer Não Espera. Cuide-se Já' - Reprodução/Instagram
A campanha "O Câncer Não Espera. Cuide-se Já" ganhou um reforço especial: a cantora Ivete Sangalo. O movimento, liderado pelo Instituto Oncoclínicas, alerta sobre os riscos do adiamento de diagnósticos de tumores malignos em meio à pandemia da Covid-19.
Nesse cenário de risco para o novo coronavírus, quem depende de tratamento médico continuado para doenças diversas tem vivido momentos de apreensão e dúvidas. É o caso de quem enfrenta o câncer, doença que, de acordo com o Centro Internacional para Pesquisa do Câncer (Iarc), afeta 1,3 milhão de brasileiros e corresponde à realidade de 43,8 milhões de pessoas pelo mundo.
Uma estimativa das Sociedades Brasileiras de Patologia (SBP) e de Cirurgia Oncológica (SBCO) aponta que, apenas no mês de abril, 70% das cirurgias oncológicas foram adiadas. Além disso, aproximadamente 50 mil brasileiros deixaram de ser diagnosticados com câncer devido a não realização de exames essenciais para identificar a doença.
Mesmo tendo o Ministério da Saúde incluído o câncer no rol de doenças cujo tratamento não pode ser considerado eletivo, desde o início da pandemia, há registros que mostram índices preocupantes de adiamento de cirurgias e de exames diagnósticos da condição, o que pode afetar diretamente as chances de cura.
Para alertar os pacientes oncológicos e a população em geral sobre como a demora em buscar cuidados médicos adequados pode comprometer, até irreversivelmente, o sucesso na luta contra o câncer, o Instituto Oncoclínicas - iniciativa do corpo clínico do Grupo Oncoclínicas para promoção à saúde, educação médica continuada e pesquisa -, em parceria com sociedades de especialidades médicas e entidades não governamentais de suporte a pacientes oncológicos, lança a campanha "O Câncer Não Espera. Cuide-se Já", aberta à participação de empresas, entidades ligadas à área médica ou qualquer cidadão engajado na luta em favor da vida.
"O tempo é decisivo em muitas condutas. Na pandemia que parou o mundo, a evolução da curva epidemiológica da covid-19 impactará nossas vidas por um tempo indeterminado. O câncer é uma doença grave e que antes da pandemia já ocupava o segundo lugar no ranking das principais causas de morte no Brasil. Assim como há serviços essenciais que precisam continuar, existem tratamentos essenciais que devem prosseguir, sob risco de perdermos vidas que podem ser salvas", afirma um dos idealizadores da campanha, o oncologista Bruno Ferrari.
"Precisamos continuar nos cuidando e, por isso, os exames diagnósticos não podem esperar", alerta a cantora Ivete Sangalo.