Açaí

ARTIGO

Açaí


O neurocirurgião Eduardo Silva
O neurocirurgião Eduardo Silva - Johnny Torres/Arquivo

Açaí é uma palmeira nativa da região amazônica que produz um fruto em forma de baga de cor roxa, de grande valor nutritivo e um palmito de excelente qualidade. A palavra açaí é oriunda do tupi yasa'i, "o fruto que chora terra", em referência ao suco derramado pelo seu fruto. O açaí é uma fruta rica em proteínas; fibras; ácidos graxos essenciais - ômega 6 e 9; carboidratos, antioxidantes - polifenóis, resveratrol e antocianina; vitaminas - A, B1,B2, C, D, E, K; minerais cálcio, magnésio, potássio, ferro, manganês, fósforo e óleos essenciais.

O açaí tem em sua composição grande quantidade de gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas que atuam na manutenção da integridade das membranas das células, na formação das bainhas de mielina, na redução do colesterol ruim LDL e no aumento do HDL. A sua ação antioxidante contribui para reduzir a formação de ateromas e o enrijecimento das artérias e age na prevenção do infarto do coração, do acidente vascular cerebral e da hipertensão arterial. A concentração de ácidos graxos e carboidratos colabora para o fornecimento de energia para o cérebro e músculos; e estimula a memória, a concentração e a realização de atividade física por favorecer a contração muscular, e o ganho de massa magra. Os antioxidantes, além de combater os radicais livres, reduzem o acúmulo da proteína beta-amiloide, fatores relacionados ao desenvolvimento das doenças neurodegenerativas como as demências e o Alzheimer.

A antocianina, o pigmento de cor roxa, contém grande quantidade de antioxidantes e auxilia no metabolismo das gorduras e ajuda a retardar o envelhecimento e reduzir o risco de câncer. As fibras presentes no açaí colaboram para melhorar o funcionamento dos intestinos, controlar a saciedade e favorecer o emagrecimento.

O açaí contém a arabinogalactana, substância que ativa a ação das células de defesas do organismo, fortalece o sistema imunológico e previne infecções por bactérias, fungos e vírus. A alta concentração de cálcio e de potássio no açaí ajuda na formação e renovação dos ossos do esqueleto e previne a osteoporose. Por ser um alimento rico em ferro, o açaí ajuda a proteger contra a anemia. O açaí tem ação anti-inflamatória, reduz as lesões dos tecidos, protege a pele dos raios ultravioletas e melhora a saúde dos olhos. Evite o consumo de açaí junto com aditivos ultracalóricos como xarope de guaraná, leite condensado e granola porque pode ocorrer hiperglicemia e aumentar o índice calórico. O ideal é consumir a polpa natural ou com acompanhamento com frutas ou água de coco.