SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SÁBADO, 25 DE SETEMBRO DE 2021
Négocios em Pauta

Bady Bassitt atrai investimentos de diferentes setores

Conurbação entre o município e Rio Preto, por meio da BR-153, faz Bady atrair novos investimentos, mesmo em meio à pandemia

Arthur PazinPublicado em 13/03/2021 às 00:10Atualizado há 06/06/2021 às 10:35
Conurbação entre o município e Rio Preto, por meio da BR-153, faz Bady atrair novos investimentos, mesmo em meio à pandemia (Divulgação)

Conurbação entre o município e Rio Preto, por meio da BR-153, faz Bady atrair novos investimentos, mesmo em meio à pandemia (Divulgação)

Com a conurbação — fenômeno que ocorre quando dois centos urbanos se interligam — de Bady Bassitt e Rio Preto por meio da BR-153, o município menor tem atraído investimentos, mesmo em meio à pandemia.

Em outubro, a Coluna havia destacado a abertura de três estabelecimentos na cidade de quase 18 mil habitantes. Agora, cinco meses depois, pelo menos outras seis novidades, de diferentes ramos, se instalaram no município.

No mês passado, a construtora e incorporadora RNI, do Grupo Rodobens, lançou o Garden RNI, condomínio de casas que ocupará um terreno de 91,8 mil metros quadrados (m²), com 430 unidades entre 42,60 m² e 42,93 m², na Estrada Municipal BBS 325, em Bady.

As obras do empreendimento, que tem R$ 73 milhões como Valor Geral de Vendas (VGV), serão iniciadas em abril e a previsão de entrega é para maio de 2023. De acordo com a empresa, a decisão de investir em Bady acontece devido ao alto poder de valorização da cidade, que permite fácil acesso a qualquer ponto de Rio Preto.

O setor de alimentação também tem sido uma aposta de investidores. Com investimento de R$ 320 mil, a Molecaggio Pizzas abrirá, ainda este mês, uma nova unidade na avenida Projetada, no Parque Bady Bassitt. Esta será a 12ª loja da rede dirigida pelo empresário rio-pretense Edimilson Silva, que escolheu a cidade pela recente expansão imobiliária.

A rede de sorvetes e açaí FrutyDellys, de Birigui, também ganhará uma loja em Bady, no Colinas Sul III. A novidade, que abrirá ao público em sistema de delivery e retirada neste sábado, 13, será comandada pela franqueada Dalileia Lima Costa Silva, que trocou Birigui pelo município vizinho a Rio Preto. A empresária investiu, inicialmente, R$ 100 mil, entre aquisição de equipamentos, reforma e franquia. A Coluna também apurou que, recentemente, Bady ganhou a Sabores da Terra, loja de produtos orgânicos, e a Dom Bueno Grelhados. As empresas foram procuradas pela reportagem, mas não responderam até o fechamento desta edição.

Outros segmentos também têm buscado expandir as vendas na cidade vizinha a Rio Preto. A Vai Xorá Tintas, que há 19 anos comercializa tintas e acessórios, com três lojas em Rio Preto, abriuhá dois meses uma nova unidade, próximo ao Recinto de Rodeio de Bady. O proprietário do estabelecimento, Vitor Fumis, precisou investir cerca de R$ 300 mil. O fácil acesso não só a Rio Preto, mas também a outros municípios da região, foi um dos motivos para a expansão.

NOTAS

#ENTREGAFREE

O Diário Promo (@diariopromo) e o Diário Gourmet (@diariogourmet.rp), novos perfis do Diário no Instagram, se uniram para levar entrega grátis a consumidores de lojas e restaurantes de Rio Preto. Até o momento, 42 estabelecimentos aderiram à campanha #ENTREGAFREE. A oferta é válida até o dia 19 de março.

Região também investe

O empresário catanduvense Ricardo Rebelato lançou, recentemente, as vendas do condomínio de chácaras Estância Bela Vista, que ficará na rodovia Chafik Saab, em Elisiário, a 10 minutos de Catanduva. O empreendimento compreende uma área de 70 mil m², com 70 lotes de aproximadamente 1000 m², comercializados por R$ 280 o m².

Vendas digitais

Com a pandemia, a procura por imóveis na internet se tornou uma opção bastante viável. O Raízes Impperial, empreendimento do Grupo Impper, por exemplo, comercializou, em apenas três meses, 75% das unidades sem ação presencial, um faturamento de R$ 34 milhões, em média. Para Bruno Malvezi, diretor executivo do grupo, a redução das taxas de financiamento imobiliário é um dos fatores que tem possibilitado este crescimento. Com o aumento da procura, o Grupo Impper já trabalha, para este ano, em três projetos na região de Rio Preto e um na região de São Carlos, somando pelo menos R$ 100 milhões de investimento.

Falando em online...

No ar desde abril de 2020, o Perukas, aplicativo rio-pretense para agendamento em barbearias e salões de beleza, lançou, com a nova onda da pandemia, uma funcionalidade que permite que o profissional da beleza atenda seus clientes em casa. A nova solução, que foi desenvolvida em três meses, teve pelo menos R$ 50 mil de investimento, entre desenvolvimento, pesquisas, e marketing.

Negócio de tradição

O tradicional Centro Médico Chalela, na avenida Brigadeiro Faria Lima, em Rio Preto, será reinaugurado pelos herdeiros do especialista em cirurgia geral e cirurgia do aparelho digestivo, que morreu em 2013. A Coluna apurou que o local contará com atendimento multidisciplinar, com 15 salas que também serão alugadas para diferentes especialidades da Saúde. Até o momento, o espaço terá como serviços cirurgia geral, videolaparoscópica, aparelho digestivo, obesidade, vascular, pediatria, psicologia, nutrição, fisioterapia e endoscopia digestiva. A previsão é de que o negócio seja inaugurado no final deste ano ou no início do ano que vem, com novo design e estrutura revitalizada. A expectativa da equipe é de contratar pelo menos oito funcionários para serviços gerais e secretaria. O investimento, até o momento, é de R$ 500 mil.

Garden RNI, novo empreendimento do Grupo RNI em Bady Bassitt (Divulgação)
Fruttydellys, nova sorveteria em Bady Bassitt (Divulgação)
Tradicional em Rio Preto, Vai Xorá Tintas inaugurou unidade em Bady Bassitt (Divilgação)
 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por