COM A MÃO NA MASSA

Atividades para gastar a energia dos pequenos durante a pandemia

Atividades divertidas envolvendo alimentos são a receita de pais e mães para gastar a energia dos pequenos durante a pandemia; momento fortalece vínculo familiar e é um convite ao aprendizado


Os irmãos Melissa e Marcos Eduardo adoram ajudar a mãe na cozinha: eles se divertem e aprendem
Os irmãos Melissa e Marcos Eduardo adoram ajudar a mãe na cozinha: eles se divertem e aprendem - Fotos: Arquivo pessoal

Ficar em casa o dia todo por causa do isolamento social tem se tornado um desafio, especialmente para as crianças, que ficam entediadas e se sentem presas. Para tornar os momentos mais agradáveis, as famílias estão aproveitando o período para descobrir novas experiências com os pequenos ao unir boas receitas e muita criatividade. É hora de levar as crianças para a cozinha e colocar a mão na massa - com segurança, é claro.

Aulas presenciais suspensas, parques e shopping centers fechados, visitas aos primos e amigos canceladas. É difícil se adaptar a uma nova rotina sem todas essas atividades que, geralmente, fazem parte dos momentos de diversão e de lazer das crianças.

A pandemia do novo coronavírus resultou na necessidade de abrir mão desses encontros para evitar ao máximo a contaminação. Mediante a isso, algumas famílias migraram para a cozinha de suas casas e fizeram do local um parque de diversões.

É o caso de Isabela de Paula Costa, 11 anos, que está aproveitando o tempo livre para colocar em prática seus dotes culinários. Bebel, como gosta de ser chamada, é considerada a degustadora oficial da família e, junto com a mãe, Carine Daniela de Paula Gorla, 42 anos, coordenadora pedagógica, já testou diferentes receitas durante esse período de isolamento. "Bebel gosta de apreciar, dar pitacos e fazer experiências na cozinha. Com a quarentena e as férias antecipadas, tem sobrado tempo para novas invencionices. Já fizemos ovos de Páscoa 'gourmet', bolo de cenoura e muitas outras delícias", afirma a mãe.

Desde pequena, aos cinco anos de idade, Bebel já gostava de participar das atividades na cozinha. Depois de um tempo, descobriu uma receita de pão de mel em um livro chamado "Anitta, a abelha", de Kátia Canton. Hoje, a receita é intitulada como o famoso "pão de mel da Bebel", a especialidade da casa. "Assisto a várias séries e realities de cozinheiros que me inspiram a buscar novas receitas. É uma forma que encontrei para tirar o tédio de ficar só dentro de casa", relata Bebel.

Aprendizagem

Priscila Bonaciela Rodrigues, 41 anos, diretora de escola, tem dois filhos pequenos: a Melissa, de 8 anos, e o Marcos Eduardo, de 3, e conta que o isolamento proporcionou bons momentos dentro de casa. Momentos que muitas vezes não seriam possíveis com a correria da antiga rotina. A principal mudança foi na cozinha: agora, há mais tempo para preparar receitas mais elaboradas, como tortas, pães, pizzas e sobremesas. E as crianças não ficaram de fora, colocaram a mão na massa, literalmente. "Assim que eles perceberam que eu ia fazer algo diferente para comer, tomaram a iniciativa de participar do processo. Agora, toda vez que vou preparar alguma receita especial, chamo os dois para me ajudarem."

A mãe notou que essa ajuda na cozinha também está contribuindo para o aprendizado dos filhos. A Melissa, que está na fase da alfabetização, pratica a leitura ao conferir os ingredientes da receita. Também é possível trabalhar as questões de quantidades e medidas que são colocadas no preparo para que o resultado fique equilibrado. Já para o mais novo, Marcos Eduardo, é uma oportunidade de descobrir coisas novas, como nomes de ingredientes, cores e sabores.

A chef de cozinha Angélica Lima, 36 anos, já está acostumada com a rotina em meio aos alimentos, mas afirma que as mudanças no cotidiano permitiram uma aproximação da filha, Isadora Lima, 4 anos, no ambiente mais "gostoso" da casa. Ela conta que a pequena sempre gostou de ajudar nos preparos, principalmente de massas, mas que agora, com a pandemia e o isolamento, tem mais tempo para se dedicar a receitas com a filha, que são as mais demoradas. "Quando fazemos pizza, por exemplo, ela me ajuda a amassar a massa. Na salada, ajuda a misturar os ingredientes. Isso é muito importante para que a criança tenha curiosidade em experimentar outros alimentos."

Cuidados

Angélica já ministrou aulas de culinária para crianças no Sesc e em um shopping de Rio Preto e afirma que são ótimos ajudantes. A chef avisa sobre os cuidados que devem ser tomados ao levar uma criança para a cozinha. "Devemos tomar alguns cuidados para que ninguém se machuque. Nunca levar a criança perto do fogão, nem deixar utilizar facas e utensílios cortantes. Também é muito importante sempre supervisionar tudo que o pequeno está fazendo", afirma.

Ainda segundo Angélica, a criança pode ajudar em todo o processo, por exemplo, desde a arrumação da mesa, colocando pratos, talheres e copos, até no preparo do suco e da comida. Normalmente, as receitas que os pequenos mais gostam de realizar são aquelas que envolvem massas, como pizza, macarrão, pão e nhoque. Também se interessam, muitas vezes, pelos doces e pelas saladas.

Nas apostilas dos anos iniciais da rede de ensino municipal de Rio Preto têm algumas dicas de receitas fáceis e práticas que os pais ou responsáveis podem trabalhar com os filhos. Quem não tem acesso a esse material, pode encontrar muitas receitas na internet, em sites ou livros.

(colaborou Ingrid Bicker)

 

Pão de mel da Bebel

Ingredientes

  • 2 colheres de sopa de margarina
  • 6 colheres de sopa de mel
  • 1 colher de chá de canela em pó
  • 1 xícara de chá de açúcar mascavo
  • 1/2 xícara de chá de chocolate em pó
  • 2 xícaras de chá de farinha de trigo
  • 2 xícaras de chá de leite
  • 1/2 colher de sopa de pó royal
  • 1/2 colher de sopa de bicarbonato de sódio

Modo de preparo

Em uma panelinha, aqueça a margarina, o mel e a canela em pó. Após derreter a margarina, desligue e reserve

Em uma tigela, coloque o açúcar mascavo, o chocolate em pó e a farinha de trigo

Misture bem e, depois, acrescente o leite, a mistura da panelinha, pó royal e bicarbonato de sódio.

Leve para assar em forminhas individuais ou em uma assadeira untada e enfarinhada por aproximadamente 25 minutos em forno médio

Depois, é só fazer sanduichinhos da massa e rechear com doce de leite (pode ser comprado pronto ou ainda feito em casa, cozinhando um leite condensado por 30 minutos)

Para finalizar, banhe em chocolate e leve pra gelar

Massa de pizza (Por Angélica Lima)

Ingredientes

  • 500 gramas de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 1 colher de café rasa de sal
  • 10 gramas de fermento biológico em pó ou 30 gramas de fermento biológico fresco
  • Água até dar o ponto

Modo de preparo

Misturar todos os ingredientes, sovar bem a massa e deixar crescer por aproximadamente uma hora e meia

Dividir a massa em duas ou mais partes e abrir com um rolo para fazer as pizzas

Colocar o molho de tomate (caseiro, de preferência), os recheios e levar ao forno até que a massa esteja completamente assada