Investimentos dão nova cara ao coração de Rio Preto Investimentos dão nova cara ao coração de Rio Preto

Infraestrutura

Investimentos dão nova cara ao coração de Rio Preto

Mercadão, Calçadão, Novo Terminal suburbano e Estação Ferroviária ficam prontos até o fim do ano


As ruas do Calçadão estão recebendo novo revestimento, que é bem mais resistente e sustentável
As ruas do Calçadão estão recebendo novo revestimento, que é bem mais resistente e sustentável - PREF.RIO PRETO

O centro de Rio Preto está recebendo investimentos que vão revitalizar o local e dar uma nova dinâmica para turistas, moradores e quem quer fazer negócio. A região central já recebeu o novo terminal urbano e agora as obras de revitalização do Calçadão e do Mercado Municipal seguem em ritmo acelerado.

Contando ainda com as reformas do terminal intermunicipal e da estação ferroviária, são mais de R$ 74,5 milhões em investimentos.

O Mercadão se prepara para, em breve, receber o público com mais conforto e segurança, sem deixar para trás sua essência e história.

Cartão-postal de Rio Preto, o prédio dos anos 1940, de inspiração Art Déco e tombado pelo Comdephact – Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Cultural e Turístico está sendo completamente reformado e revitalizado.

São mais de R$ 4,3 milhões investidos para transformar do piso ao teto, garantindo modernidade nas instalações e preservação do aspecto arquitetônico.

Os trabalhos incluem troca de telhado, calhas e rufos; revitalização do forro de madeira; troca de piso granilite por ladrilho hidráulico; substituição de instalações elétricas e hidráulicas; reforma de esquadrias metálicas e vidros danificados; reforma e ampliação de câmaras frias; novos banheiros com acessibilidade; adequações de acessibilidade com instalação de elevador; instalação de sistema de proteção e combate a incêndios e de ar-condicionado; reboco externo e pintura.

A instalação de decks nas entradas das ruas Jorge Tibiriçá e Silva Jardim vai criar praças de alimentação especialmente atrativas, que poderão ser desfrutadas quando a convivência social estiver normalizada.

Com a reorganização do espaço interno, o Mercadão, que antes tinha 31 unidades comerciais, entre bancas e boxes, vai ganhar outras 7 novas instalações. Os espaços serão ocupados conforme processo de licitação, que será realizado em breve, ampliando o leque de opções oferecidas pelo tradicional ponto de encontro.

Um inédito manual técnico para instalações comerciais após reforma está orientando permissionários sobre padrões de segurança, estético e outros regramentos comuns que deverão ser aplicados em seus projetos. Tudo para que o Mercado Municipal se mantenha ainda mais seguro, confortável e agradável ao público.

As obras iniciadas em fevereiro seguem a todo vapor e deverão ser concluídas conforme cronograma, em dezembro. O melhor da nossa cultura de encontros, produtos de origem e tradição em um só lugar.

Veja como ficará a obra de revitalização do Mercadão de Rio Preto:

 CALÇADÃO

Mais tradicional ponto varejista de Rio Preto, o calçadão está de cara nova. As ruas Bernardino de Campos, General Glicério, Tiradentes e Siqueira Campos estão recebendo um novo revestimento intertravado, que é mais resistente e sustentável.

Os novos passeios, em concreto armado, eliminam degraus melhorando a acessibilidade às lojas, facilitando o uso das vias por cadeirantes e pessoas com deficiência.

Além disso, toda a rede de captação de esgoto, que foi deteriorada pela ação do tempo, está sendo substituída, assim como a drenagem da água da chuva – medidas que vão acabar de vez com transtornos a lojistas e consumidores.

A obra, que deve ser concluída antes do Natal deste ano, receberá investimento de R$ 5.048.868,60.
Outra obra é a revitalização da Estação Ferroviária que receberá um investimento de R$1.517.027,91. Serão refeitos a pintura, o piso e a cobertura de maneira que o conceito arquitetônico histórico seja mantido. A previsão para conclusão dos serviços é até o final de novembro.
No final de maio, foi entregue a recuperação e manutenção do viaduto da Abreu Sodré, que custou R$ 693 mil.

Veja como ficará a obra de modernização do Calçadão de Rio Preto:

A importância do Centro revitalizado

As obras realizadas pela Prefeitura modernizarão São José do Rio Preto e, desta forma, aumentarão o fluxo de pessoas que vem visitar e consumir na cidade. É desenvolvimento para o município, geração de emprego e renda para a população, e fortalecimento da economia local e regional. A revitalização da área central, em especial, é uma reivindicação de mais de duas décadas da Acirp.

“Sabemos que é um projeto ousado e de grande comprometimento, que trará valorização imobiliária e aumentará o número de consumidores e visitantes. É uma obra necessária! A reforma do prédio histórico do Mercadão, ponto turístico da cidade, local de grande popularidade e fluxo de consumidores e visitantes, vai atrair mais público para consumir no local e, também, para permanecer mais tempo por lá. Isso ajuda os comerciantes que estão no Mercadão e, consequentemente, contribui para o processo de revitalização do Centro. O Terminal Intermunicipal é mobilidade urbana. A Acirp acredita que, quanto mais moderno e confortável o transporte urbano, menos veículos estarão no trânsito; e isso ajuda diretamente no processo de mobilidade urbana que as grandes cidades estão sofrendo”, afirma o presidente da Acirp, Kelvin Kaiser.

O projeto contribui não somente para a abertura de ruas, avenidas e anéis viários, mas também abre alternativas de transporte como, por exemplo, o próprio VLT que o contorno ferroviário possibilitará trazer. Importante dizer que algumas destas obras terão recursos federais e de emenda parlamentar. E isso reflete diretamente na retomada da economia das empresas do município no pós COVID, uma vez que estamos trazendo verba federal para dentro de Rio Preto!